Generic selectors
Resultados exatos
Buscar por títulos
Buscar por conteúdo
Buscar
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
Administração
Assistência e Desenvolvimento Social
Comunicação Social
Desenvolvimento Econômico
Educação, Cultura e Esportes
Fazenda
Fundo Social
Gestão e Controle
Governo Municipal
Habitação
Leia Mais
Mais Notícias
Negócios Jurídicos
Obras e Desenvolvimento Urbano
Planejamento e Meio Ambiente
Procuradoria Geral
Relações do Trabalho
Saúde
Sem categoria
Serviços e Urbanização
Trânsito e Segurança Municipal
Turismo
Publicado em: 04/12/2018 - Última modificação: 05/12/2018 - 14:26
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Estudantes participam da 4ª Feira dos Jovens Empreendedores Primeiros Passos

EDUCAÇÃO - Iniciativa é fruto de uma parceria entre o Sebrae e Prefeitura de Itanhaém, com o intuito de introduzir o empreendedorismo no âmbito escolar



Compartilhar:

Na terça-feira (4), escolas da Rede Municipal de Ensino se reuniram no Centro de Convenções Miguel Reale para apresentar a 4ª Feira dos Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), um projeto do Sebrae em parceria com a Prefeitura de Itanhaém. A iniciativa, que tem como objetivo estimular o protagonismo juvenil e disseminar o
empreendedorismo no âmbito escolar, propõe atividades com um tema especifico para cada série do Ensino Fundamental, a fim de criar produtos para serem comercializados. Na oportunidade, foram exibidos e colocados à venda os trabalhos desenvolvidos ao longo do ano.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

A grande feira empreendedora reuniu pais de alunos e a comunidade para prestigiar os projetos desenvolvidos em sala que renderam em stands de diversos segmentos. Como o de Marcelly Farias da Silva, aluna da EM Profª Divani Maria Cardoso, que estava comercializando brinquedos ecológicos e conscientizando sobre a reutilização de materiais recicláveis para confeccionar objetos diversos. “Eu aprendi muito com o projeto, principalmente que a gente pode reutilizar os brinquedos e fazer outros com aqueles que já não estão bons para brincar”, comenta.

Por meio dos temas sugeridos, cada escola se aprofundou na sua proposta e desenvolveu trabalhos enriquecedores. Um exemplo é o projeto da EM Maria Cristina Dal Pozzo Borges, que levou à feira objetos criados por meio da robótica com o intuito de contribuir para o meio ambiente, como explica o aluno Thiago de Andrade Ferreira. “O nosso projeto tem como tema a eco papelaria e a redução do gasto de papel. Estudando os processos pelo qual o papel passa, nós resolvemos utilizar a robótica para diminuir este gasto com uma espécie de “aspirador de papel” e uma caixa de lixo reciclável”, conclui. Além de introduzir a tecnologia, a escola fez papéis recicláveis por meio de um processo desenvolvido pela professora Maria Lúcia Lopes Augusto e também realizou ações sociais no Projeto Casa da Criança, com a doação de brinquedos sustentáveis.

O prefeito Marco Aurélio Gomes esteve presente na abertura da feira e falou sobre a importância de programas como o JEPP e o Aprendizado do Futuro, que introduz a tecnologia em sala de aula. “O intuito desses projetos é preparar os jovens para o mercado de trabalho e mostrar as atividades que são desenvolvidas na educação do Município. Além disso, iniciativas como essas são muito importantes na primeira formação, pois futuramente darão a oportunidade dos jovens concorrerem a uma vaga de emprego no mesmo nível que pessoa de outras cidades”, destaca.

Está é a 4ª edição de uma iniciativa que busca a cada ano despertar o lado empreendedor das crianças. Para isso, os professores recebem capacitações e materiais do Sebrae que auxiliam no desenvolvimento das atividades. A professora da EM Divani Maria Cardoso, Fabrisa Sales Cavalcante, participa pela segunda vez do projeto e comenta sobre como é o desenvolvimento dos alunos”. As crianças participam de tudo, elas que decidem o que vão vender, de que forma pretendem chamar a atenção dos clientes, os preços e tudo o que irá compor o empreendimento. O JEPP é fundamental, pois desde a infância é importante que os alunos tenham noção do que é empreender, de custo beneficio, da valorização do dinheiro e de economia. Como profissional, eu confesso que amo trabalhar neste projeto”.

JOVENS EMPREENDEDORES PRIMEIROS PASSOS – Responsável por estimular o protagonismo juvenil e introduzir práticas empreendedoras no âmbito escolar, o programa é uma iniciativa do Sebrae com temas direcionados a cada série. A ação se estende do 1º ao 9º ano onde são trabalhados os seguintes temas: “O mundo das ervas aromáticas” (1º ano), “Temperos naturais” (2º ano), “Oficina de brinquedos ecológicos” (3º ano), “Locadora de produtos” (4º ano) e “Sabores e cores” (5º ano). Já do 6º ano 9º ano, os temas são: “Ecopapelaria” (6º ano), “Artesanato sustentável” (7º ano), “Empreendedorismo social” (8º ano) e “Novas ideias, grandes negócios” (9º ano).

 


Palavras-chave: , , ,