Generic selectors
Resultados exatos
Buscar por títulos
Buscar por conteúdo
Buscar
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
Administração
Assistência e Desenvolvimento Social
Comunicação Social
Desenvolvimento Econômico
Educação, Cultura e Esportes
Fazenda
Fundo Social
Gestão e Controle
Governo Municipal
Habitação
Leia Mais
Mais Notícias
Negócios Jurídicos
Obras e Desenvolvimento Urbano
Planejamento e Meio Ambiente
Procuradoria Geral
Relações do Trabalho
Saúde
Sem categoria
Serviços e Urbanização
Trânsito e Segurança Municipal
Turismo
Publicado em: 11/01/2019 - Última modificação: 18/01/2019 - 17:39
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Em dois anos, Prefeitura repõe 400 lixeiras por conta da ação de vândalos

URBANIZAÇÃO - Durante o período do Carnaval a situação se agrava; é preciso a colaboração dos munícipes para preservar e denunciar



A responsabilidade e o prejuízo é de todos; denúncias pelos telefones 153, da Guarda Civil Municipal, 156, Departamento de Trânsito ou 190 da Polícia Militar. “

Compartilhar:

A Secretaria Municipal de Serviços e Urbanização está substituindo 200 lixeiras danificadas por ações de vândalos por novas, a mesma quantidade realizada no Verão do ano passado. Durante o período de Carnaval a situação se agrava. As trocas começaram na semana passada na Orla e no Centro Histórico, mas também serão destinadas à Praia dos Sonhos, Praia dos Pescadores, Belas Artes e Suarão.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

‘É preciso a colaboração dos munícipes para ajudar a preservar e denunciar caso presencie alguma ação de vandalismo”, afirma o secretário da pasta Vinícius Camba. Para isso, podem ligar para o telefone 153, da Guarda Civil Municipal, 156, Departamento de Trânsito ou 190 da Polícia Militar. “A responsabilidade e o prejuízo é de todos. Então, não deixe de denunciar”.

É importante que a população se conscientize sobre os cuidados com os equipamentos públicos, pois a verba que está sendo direcionada para a compra de novas lixeiras poderia estar sendo destinada a outra melhoria.

Além disso, ao longo dos anos, monumentos históricos precisaram ser restaurados devido a pichações, e prédios públicos reformados após sofrerem atos de vandalismos. A campanha “Só quem não conhece nossa história é capaz de destruí-la” reforça o trabalho de conscientização sobre os cuidados com as estátuas e os equipamentos públicos.

A Prefeitura alerta que o ato de vandalismo contra o patrimônio público é crime.


Palavras-chave: , ,