Serviços
acessibilidade



Publicado em: 12/02/2019 - Última modificação: 16/11/2020 - 11:57
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Ações da semana de combate ao Aedes começam na quarta; população pode participar

ESTÍMULO - Setor fará a troca de recipientes que possam se tornar criadouros do mosquito por mudas de árvores nativas da Mata Atlântica e frutíferas



O combate à dengue deve ser acionado para remover os possíveis focos e criadouros, pelo telefone (13) 3422-1944

Compartilhar:

Gostaria de ganhar mudas de árvores nativas da Mata Atlântica e frutíferas? Então, basta participar das ações educativas de controle ao mosquito Aedes Aegypti que serão realizadas nesta quarta (13) e sábado (16), pelo setor de Controle de Endemias, da Vigilância Epidemiológica, em parceria com alunos e professores do curso de Meio Ambiente da Escola Técnica Estadual (ETEC) de Itanhaém e o Centro de Pesquisa da Cidade.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

Para participar das ações da Semana Estadual de Mobilização Social Contra o Aedes, o munícipe deve comparecer nesta quarta (13), das 9 horas às 13h30, na Praça Ângelo Guerra, Avenida Harry Forssel, s/n, no Belas Artes, portando recipientes que possam servir de criadouros do mosquito, como pneus, latas, recicláveis e inservíveis – que são carcaças, eletrônicos e etc. Vale ressaltar que, com exceção dos pneus, será considerado 1 quilo para ser realizada a troca.

Leia mais:

Saiba como colaborar no combate ao Aedes, transmissor de infecções

Pensando no cuidado com a população, Saúde capacita equipe para o Verão

 Já para quem vai participar da ação neste sábado (16), o local para troca é o estacionamento do supermercado atacadista Mercadão, na Avenida Jaime de Castro, s/n, Centro, das 9 às 12 horas – localização fruto de parceria. Segundo o Ministério da Saúde, a recomendação é não descuidar nenhum dia do ano e manter todas as posturas possíveis em ação para prevenir focos do mosquito em qualquer época. Cabe à população ficar atenta e redobrar os cuidados para eliminar possíveis criadouros. Essa é a única forma de prevenção.

DENUNCIE

Quando o foco do mosquito Aedes Aegypti for detectado e não puder ser eliminado pelo próprio munícipe ou pela população, como em terrenos baldios ou lixos acumulados na rua, o combate à dengue deve ser acionado para remover os possíveis focos e criadouros, pelo telefone (13) 3422-1944.


Palavras-chave: , , ,