Generic selectors
Resultados exatos
Buscar por títulos
Buscar por conteúdo
Buscar
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
Administração
Assistência e Desenvolvimento Social
Comunicação Social
Desenvolvimento Econômico
Educação, Cultura e Esportes
Fazenda
Fundo Social
Gestão e Controle
Governo Municipal
Habitação
Leia Mais
Mais Notícias
Negócios Jurídicos
Obras e Desenvolvimento Urbano
Planejamento e Meio Ambiente
Procuradoria Geral
Relações do Trabalho
Saúde
Sem categoria
Serviços e Urbanização
Trânsito e Segurança Municipal
Turismo
Publicado em: 15/03/2019 - Última modificação: 18/03/2019 - 11:12
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Talento de família: irmãos campeões brasileiros de taekwondo sonham com olimpíadas

ATLETAS - Destaques em competições a níveis estadual e nacional, os irmãos são considerados atletas de alto rendimento e promessa do esporte



Conquistas dos irmãos são regadas a parceria e companheirismo. Ambos dizem que é muito importante ter alguém especial para corrigir os erros, ajudar e incentivar

Compartilhar:

Atletas muito dedicados, jovens responsáveis e com muita força de vontade. Esta é a definição do mestre Wandeberg Castro Lisboa sobre os irmãos Açussena Macedo Mautone e Pedro Augusto Mautone. Eles treinam taekwondo desde os 7 e 9 anos, respectivamente, e hoje, com 14 e 16, são faixas pretas, colecionadores de medalhas e campeões brasileiros da modalidade. Destaques em competições a níveis estadual e nacional, os irmãos são considerados atletas de alto rendimento e promessa do taekwondo.

Confira as fotos

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram , no Facebook e no Twitter

As conquistas dos irmãos são regadas a parceria e companheirismo. Ambos dizem que é muito importante ter alguém especial para corrigir os erros, ajudar e a incentivar. “Um está sempre de olho no outro, pois o erro de um pode refletir no outro e ainda prejudicar os dois”, explica Pedro. Ele ainda diz que: “a conquista dela é um orgulho para mim e sei que é recíproco”. Açussena também dá muita importância à parceria com o irmão. Ela  revela que eles estão sempre juntos: “estamos sempre consertando os defeitos um do outro”.

Leia mais
Felipe Ruivo, talento local do basquete, ganha espaço entre os melhores do Brasil
Talentos na Escola: conheça histórias de crianças que inspiram

“Representar a Cidade é quase um sonho realizado. Estou muito feliz vendo todas as nossas conquistas e tudo que está acontecendo em nossas vidas”, destaca Açussena. A jovem é tricampeã brasileira, faz parte da seleção paulista de taekwondo e coleciona mais de 45 medalhas de ouro, entre elas, a conquista da Copa América. Além disso, a menina está disputando uma vaga para a seleção brasileira de taewkondo. Mas, ainda assim, Açussena diz que cada vez que entra no tatame é uma emoção diferente. “A cada nervosismo vejo que é isso que eu sempre quis”, relata.

Pedro é campeão brasileiro e também tem uma coleção de medalhas. Diferentemente da irmã, diz que já está acostumado com as competições e que o nervosismo depende de cada campeonato. Mas observar suas conquistas é muito importante: “olhar as medalhas me traz nostalgia e vontade de crescer mais ainda porque é algo que eu amo fazer e não quero parar nunca”, finaliza o jovem.

FAMÍLIA

O orgulho é o sentimento que estampa o olhar do pai, Emir Augusto Mautone. Ele é um dos principais incentivadores dos filhos e até se perde em tantos campeonatos dos quais acompanhou os atletas. “Sinto muito orgulho de ver tudo que eles conquistaram, é muito merecido. Mas ainda tem muito por vir: quero levá-los às olimpíadas”, relata Emir. Para os filhos, o apoio da família é essencial. “Quando estávamos com preguiça ou cansados, meus pais sempre nos incentivaram a ir aos treinos, dizendo que iríamos conseguir e valeria a pena. Então, tudo que conquistamos é graças aos meus pais e ao mestre”, diz Açussena.

TREINOS

Nos períodos da tarde e da noite, os irmãos treinam todos os dias. Eles são muito importantes para o mestre Wandeberg, que veio de São Paulo há dois meses para treiná-los, já que era quem os acompanhava desde que os jovens eram crianças. Agora, Wandeberg quer incentivar cada vez mais o taekwondo na Cidade: “Itanhaém ainda estará no topo do tawkondo”, finaliza.

Antes do mestre Wandeberg assumir os treinos dos jovens, o próprio mestre e os irmãos foram formados pelo mestre Ciro de Lima, em São Paulo, o qual todos são muito gratos. “A família Butantã TKD (academia em São Paulo) foi de extrema importância para o desenvolvimento dos jovens, nossa eterna gratidão ao mestre Ciro”, relata o pai de Açussena e Pedro, Emir Augusto Mautone.

Como forma de incentivo à modalidade, os pais, o mestre e os responsáveis pela academia em que os irmãos treinam estão organizando o primeiro Open de Taekwondo de Itanhaém.


Palavras-chave: , , ,