Serviços



Publicado em: 20/03/2019 - Última modificação: 16/11/2020 - 11:55
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Atenção moradores: Controle de Endemias e SUCEN realizam ação contra o Aedes no Savoy

PREVENTIVA - Conjunta à SUCEN, ação de combate acontecerá nas ruas do bairro Savoy até quinta-feira (21)



A nebulização mata apenas os mosquitos alados – na fase adulta – do Aedes Aegypti, sendo ineficaz contra as larvas

Compartilhar:

Moradores do Savoy devem estar atentos e colaborar com os Agentes de Saúde. Isso porque até quinta-feira (21), das 9 às 12 horas, o setor de Controle de Endemias, em conjunto à Superintendência de Controle de Endemias (SUCEN), realiza uma ação de combate ao Aedes Aegypti composta de nebulização e visitas a imóveis. A nebulização será realizada principalmente nas quadras onde ocorreram casos suspeitos ou confirmados de alguma das doenças transmitidas pelo mosquito. A ação iniciou no último dia 20.

Siga a Prefeitura no FacebookInstagram e no Twitter

Entre as ruas do bairro que serão visitadas estão as João batista de Almeida, Otacílio Dantas, Jose Apelian e Avenida Marginal. A ação visa o controle de arboviroses – doenças causadas pelos chamados arbovírus, que incluem o vírus da dengue, zika e os causadores das febres amarela e chikungunya. Caso chova neste período, a ação será prorrogada até que o tempo estabilize, pois não é possível fazer visitas ou aplicar inseticidas com a chuva.

Vale frisar que a nebulização mata apenas os mosquitos alados – na fase adulta – do Aedes Aegypti, sendo ineficaz contra as larvas. Na oportunidade, fica o alerta de que é indispensável a remoção de criadouros dentro das residências. Para denúncia ou mais informações, basta entrar em contato com o setor pelo telefone (13) 3422-1944, que está localizado na Rua Guarani, 431, na Praia dos Sonhos.

Leia mais
Vigilância Sanitária disponibiliza égua para adoção
Um dia de Libras: intérpretes e professores do Município participam de workshop

AVISOS

Para que tudo ocorra com tranquilidade, a população deve colaborar recebendo os agentes em casa, retirando os animais domésticos e roupas de cama da varanda, cobrindo os alimentos e demais utensílios domésticos. Em relação aos animais, recomenda-se ficar do outro lado da rua durante um período de 20 a 30 minutos, para que a química do produto não os afete. Além disso, após a ação, todos deverão continuar com os cuidados para evitar o acúmulo de água parada.


Palavras-chave: , , ,