Serviços
acessibilidade



Publicado em: 21/03/2019 - Última modificação: 16/11/2020 - 11:55
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Em ação de conscientização, alunos da Rede Municipal de Ensino visitam Sabesp

DIA MUNDIAL DA ÁGUA - Em comemoração à data, a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes levou os jovens à Estação de Tratamento de Água



Durante a visita, os alunos discutiram sobre o desperdício e o uso consciente dos recursos hídricos

Compartilhar:

O Dia Mundial da Água, celebrado em 22 de março, tem como intuito alertar a população mundialmente sobre a preservação deste patrimônio natural essencial para a vida na terra. Em comemoração à data, a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes, em parceria com a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), proporcionou aos estudantes da Escola Municipal Professora Dalva Dati Ruivo uma visita, no último dia 20, à Estação de Tratamento de Água, em Itanhaém. Na pauta, o desperdício e o uso consciente dos recursos hídricos.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

Confira as fotos

Dia de aprendizado e conscientização - Alunos da rede Municipal visitam a Sabesp

As crianças já estavam empolgadas e ansiosas desde o caminho para a Estação de Tratamento de Água. Ao chegarem, todos olharam pela janela do ônibus escolar, impressionados com a estrutura. Para o encarregado da Sabesp Manoel Morato, é muito importante que os estudantes conheçam esse trabalho para promover a valorização e a conscientização do uso correto da água.

Leia mais
Concurso público da Sabesp abre 4 vagas para Itanhaém e mais 512 no Estado
Ecoponto: o destino certo para seus resíduos; saiba o que pode ser descartado

Foram entregues coletes e capacetes para alunos e professores, tudo para garantir uma visita segura. O técnico Felipe de Mattos Bacale conduziu a criançada durante o passeio e mostrou como funciona o processo de tratamento da água. Os alunos ficaram encantados com o laboratório de análise. O experimento de indicador do pH animou tanto que alguns até já pensam em seguir esta área no futuro. “Eu achei incrível quando a água ficou rosa. Quero ser um profissional e trabalhar no laboratório”, conta Sarah Lopes.

Mas essa experiência não ficará apenas na lembrança dos 27 alunos. “As crianças têm uma missão. Quando chegarem à escola, vão desenvolver um trabalho para multiplicar tudo o que aprenderam aqui com os outros colegas”, afirma a professora Adriana Sitta.

Antes de voltarem para sala de aula, os estudantes formaram duplas e colocaram a mão na terra para plantarem diversas espécies de mudas, inclusive frutíferas. “Dá uma sensação incrível”, comenta João Vitor Xavier, enquanto afofava o solo. Sua colega de turma, Ana Maria Favorito, comentou que estava adorando plantar porque gosta de estar em contato com a natureza. “Sempre fico contente quando participo de ações como essa”.

Todos saíram de lá com um olhar mais crítico sobre o assunto. “Quando eu chegar à minha casa, vou explicar para meu irmão que ele não pode ficar muito tempo no banho. Eles trabalham muito aqui e têm pessoas que ficam desperdiçando água”, ressalta Rayssa Souza Mariano.

No final da visita, as crianças receberam um brinde oferecido pela Sabesp, contendo duas revistas da Turma da Mônica, sobre tratamento de esgoto e uso racional da água, e um copinho retrátil.


Palavras-chave: , , , ,