Serviços
acessibilidade



Publicado em: 29/03/2019 - Última modificação: 16/11/2020 - 11:55
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Alunos da Rede Municipal de Ensino trabalham valores sociais

HUMANIDADE - Iniciativa atua com o objetivo de criar um espaço de aprendizagem que reflete junto com os alunos os valores sociais e as relações humanas



Projeto é desenvolvido na Rede Municipal de Ensino, com foco nas turmas do Ensino Fundamental (do 6º ao 9º ano)

Compartilhar:

Uma iniciativa que reúne competências socioemocionais, habilidades sociais e a proximidade entre família e escola, tem, sobretudo, o desejo de transformar o ambiente escolar em um centro promotor da paz e cultura dos bons costumes. Este é um resumo do projeto ‘Teia de Valores’, desenvolvido pelo setor psicodiagnóstico da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes a fim de criar um espaço de aprendizagem que reflete junto com os alunos, os valores sociais, as relações humanas e o papel que a escola desempenha na comunidade.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

Desenvolvido na Rede Municipal de Ensino, com foco nas turmas do Ensino Fundamental (do 6º ao 9º ano), o projeto acontece semanalmente nas unidades escolares e desenvolve atividades que orientam os alunos sobre assuntos como: violência na escola; o uso de drogas; sexualidade e respeito às diferenças, com o intuito de estimular o autoconhecimento e resgatar valores sociais.

A valorização da vida e a reflexão sobre a função exercida no âmbito social vêm por meio das competências socioemocionais, iniciativa que propõe colocar em prática novas atitudes e habilidades para controlar as emoções, alcançar objetivos, ter atitude, empatia, manter relações sociais e ser mais assertivo. A proposta busca remover o aluno do ensino tradicional para que compartilhe experiências, reflita sobre as atualidades e introduza-os nos assuntos que integram o mundo atual.

Leia mais
Escolas do Município recebem psicóloga para falar sobre bullying

Criar um espaço de aprendizagem mais completo que estabelece o respeito e a relação entre comunidade e unidade escolar vem sendo um dos objetivos do projeto, como conta a responsável pelo setor psicodiagnóstico Daila Stefania Dualattka Fernandes. “Promover o vínculo entre família, escola, filhos e comunidade tem saldos positivos, uma vez que os envolvidos buscam minimizar cada vez mais as ocorrências dentro do ambiente escolar”.

Além disso, o setor psicodiagnóstico investiga fatores que revelam as dificuldades de aprendizagem dos alunos matriculados na Rede Municipal de Ensino. Por meio de observações, testes psicológicos e psicopedagogos, o setor avalia o caso de cada aluno, mas não possui dimensão de tratamento. Os atendimentos acontecem em encontros semanais que duram aproximadamente dois meses.


Palavras-chave: , ,