Serviços
acessibilidade



Publicado em: 02/04/2019 - Última modificação: 16/11/2020 - 11:55
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Equipe de Itanhaém apresenta projetos relacionados à pesca em Brasília

DISTRITO FEDERAL - Projeto de Unidade de Beneficiamento do Pescado é apresentado à ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Tereza Cristina Corrêa



Além deste projeto, outros foram apresentados durante o encontro, como a Modernização da Feira do Produtor e a aquisição de equipamentos para a UBP

Compartilhar:

Levar pescado à mesa de alunos da Rede Municipal de Ensino. Este é o objetivo do projeto “Inclusão do Pescado na Alimentação Escolar no Município de Itanhaém”, um método mecanizado de separação de carne de pesca que levará alimento rico em nutrientes, isento de espinhas, à mesa de estudantes da Cidade, gerando renda aos pescadores com a compra direta do peixe. Para isso, representantes de Itanhaém participaram de audiência com a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Tereza Cristina Corrêa, em Brasília, para apresentar projeto de criação de uma Unidade de Beneficiamento do Pescado (UBP).

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagramno Facebook e no Twitter

Na ocasião, estiveram presentes o prefeito de Itanhaém, Marco Aurélio; a deputada federal, Rosana Valle; o vereador de Itanhaém, Peterson Gonzaga; e a gestora do Banco de Alimentos de Itanhaém, Luciana Melo. Além deste projeto, outros foram apresentados durante o encontro, como a Modernização da Feira do Produtor, promovida aos sábados no estacionamento do Paço Municipal, a aquisição de equipamentos para a UBP e o Celeiro do Banco, que consiste na produção de alimentos em um ambiente controlado, protegido de intempéries (diferentes condições climáticas).

Leia Mais
Livro de receitas de agricultores está disponível no site oficial da Prefeitura
Projeto de Itanhaém representa o país em fórum internacional sobre pescado

A UBP tem como objetivo melhorar as condições de trabalho e promover oportunidades aos pescadores, de maneira a aumentar a sua renda. Além disso, também pretende implementar o pescado nas merendas escolares. “Este projeto trará uma grande melhoria na renda de pescadores artesanais e a possibilidade de inseri-los no mercado”, afirma Luciana Melo: “além de promover uma melhor qualidade de vida para as pessoas, pois os produtos são mais saudáveis e de fontes confiáveis”, endossa.

 


Palavras-chave: , , , , , , ,