Generic selectors
Resultados exatos
Buscar por títulos
Buscar por conteúdo
Buscar
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
Administração
Assistência e Desenvolvimento Social
Comunicação Social
Desenvolvimento Econômico
Educação, Cultura e Esportes
Fazenda
Fundo Social
Gestão e Controle
Governo Municipal
Habitação
Leia Mais
Mais Notícias
Negócios Jurídicos
Obras e Desenvolvimento Urbano
Planejamento e Meio Ambiente
Procuradoria Geral
Relações do Trabalho
Relações Institucionais
Saúde
Sem categoria
Serviços e Urbanização
Trânsito e Segurança Municipal
Turismo
Publicado em: 10/05/2019 - Última modificação: 18/05/2019 - 14:40
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

No mês das noivas, veja como fazer o seu casamento na praia

O MAR COMO TESTEMUNHA - Para casais que querem inovar na cerimônia e fugir da celebração na igreja, há a opção à beira-mar



(foto: Aldo Ribeiro) Confira o passo a passo para organizar e marcar o seu casamento ao som das ondas

Compartilhar:

Maio é considerado o mês das noivas por conta de uma tradição importada de países do hemisfério norte. Lá, neste mês é primavera, estação do florescimento, da fertilidade, da natureza e que com o tempo acabou também sendo relacionada ao amor e ao casamento. Para casais que querem inovar na cerimônia e fugir da celebração na igreja, há a opção de casar na praia, pé na areia e o mar como testemunha.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

Além do vestido ideal, da decoração perfeita e da lista de convidados, é preciso lembrar-se de resolver toda a papelada, garantir as permissões para que tudo possa ser organizado devidamente. Confira a seguir os passos para organizar e marcar o seu casamento ao som das ondas.

Leia mais
Como testemunha, o mar; casamento na praia requer algumas exigências

Processo burocrático:

1º – Ir à Secretaria de Governo da Prefeitura da Cidade e solicitar a permissão de uso do solo onde será feito o casamento. O solicitante receberá um formulário que deverá ser preenchido com os dados necessários referentes ao que se pretende fazer e ter no casamento. Esse formulário gerará uma taxa de R$ 16,90, que deverá ser paga na própria Prefeitura.

2º – Após o pagamento, é necessário retornar à Secretaria, que exigirá o comprovante da solicitação de solo juntamente com o formulário e o croqui do casamento. Depois de entregar os documentos, o solicitante receberá uma via protocolada que será utilizada para anexar no site da União (link para a permissão)

3º – Após anexar o protocolo no site da União, um número será enviado e uma mensagem aparecerá na tela com as informações que o pedido está em andamento. No e-mail chegará um boleto no valor de R$ 750,00, que deverá ser pago.

4º – Já com o número da União em mãos, a pessoa terá de apresentá-lo à Secretaria de Governo, que dará ciência do evento.

5º – Após o pagamento da taxa da União, a pessoa receberá um e-mail autorizando o pedido, que deve ser impresso em medida padrão apresentada no site. No dia do casamento é obrigatório colocar essa autorização na área.

6º – Com todo o processo burocrático concluído, agora é só comemorar e aproveitar esse dia especial com a família e amigos, acompanhado de uma bela paisagem.


Palavras-chave: , , , ,