Serviços



Publicado em: 03/06/2019 - Última modificação: 16/11/2020 - 11:30
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Representantes de classe ganham voz em projeto e dividem responsabilidades

EDUCAÇÃO - Projeto Protagonismo Juvenil prevê participação mais ativa dos estudantes nas decisões tomadas na escola



Os alunos dos 8º e 9º anos que foram eleitos representantes de classe são uma ponte que liga a turma à coordenação da escola

Compartilhar:

Os alunos dos 8º e 9º anos que foram eleitos representantes de classe são uma ponte que liga a turma à coordenação da Escola Municipal Célia Marina Dal Pozzo Borges. Passam informações aos colegas e também propõem ideias para melhorar o ambiente escolar. O intuito do Protagonismo Juvenil, que faz parte do projeto ‘Teia de Valores’, é proporcionar aos estudantes uma participação mais ativa nas decisões da escola.

 Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

Protagonismo Juvenil começou no mês de março, e o diretor Alexandre Antonio Matenauer contou como funciona. “É um projeto que estamos fazendo para que as crianças tenham voz na escola. Então, nós vamos começar a ouvi-las para ver o outro lado da gestão. Assim, os alunos sabem que a opinião deles também prevalecerá”.

Dois alunos representantes de cada classe foram escolhidos pelos professores e outros eleitos, de forma democrática, por meio do “voto popular”. Os estudantes designados à função representarão a sala até o final do ano. “Estou muito feliz. É um cargo bem desafiador, ainda mais quando têm aqueles alunos que tentam atrapalhar, mas eu estou bem empenhada em ajudar a classe. Com o tempo vou conseguir fazer com eles mudem essa atitude para que não estraguem o momento que temos na aula”, contou a aluna Luiza Mathias Mendes, da sala 8º A.

 Cada representante tem um caderno com o ano e a turma. Lá, eles escrevem os pedidos da sala e sugestões que são entregues para o diretor Alexandre Antonio Matenauer. “É difícil, não vou mentir, mas ser representante significa poder dar voz à sala e isso é muito gratificante. Estou sempre ouvindo meus colegas e fazendo anotações porque agora temos mais facilidade em conversar com a coordenação e o diretor”, diz o aluno Claudio José Pinheiro de Oliveira, representante do 8º ano B.

Leia mais
Após cinco anos, cápsula do tempo reúne estudantes

Já foram realizadas três reuniões na sala do projeto ‘Teia de Valores’. Durante esses encontros, os alunos ouvem conselhos, discutem ideias e propõem soluções para problemas. Na última reunião, os estudantes sugeriram fazer uma rifa para arrecadar dinheiro destinado à compra de um filtro de água suspenso.

“Quero que eles participem e façam parte efetivamente da escola. Não é para ser apenas aluno, vir aqui, estudar e ir embora. Nós não queremos isso, queremos que eles tenham voz ativa”, comenta o professor Marco Antonio Paixão. “Desta forma, o aluno sente que pertence à instituição de ensino, podendo cuidar melhor do ambiente”.


Palavras-chave: , , ,