Serviços
acessibilidade



Publicado em: 22/07/2019 - Última modificação: 16/11/2020 - 11:28
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

“Obras geram empregos”, dizem operários sobre o Mais Itanhaém

SANEAMENTO - Além do investimento em infraestrutura, as melhorias trazem ganhos à economia e valorizam o mercado imobiliário



(de esquerda à direita) Os operários Ivan Santos, de 50 anos, e Robson Rosa, 40, trabalham nas obras do Corumbá

Compartilhar:

O que os operários Ivan Santos, de 50 anos, e Robson Rosa, 40, têm em comum? Ambos concordam que as obras da rede de esgoto na Cidade movimentam a geração de renda e empregos (diretos e indiretos). Além da infraestrutura, o Programa Mais Itanhaém investe em melhorias que trazem ganhos à economia e valorizam o mercado imobiliário. Um dos requisitos da Prefeitura ao assinar convênio com a Sabesp foi a contratação de mão de obra local.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagramno Facebook e no Twitter

Ivan e Robson foram contratados pela construtora responsável pelos serviços para a expansão do saneamento nos bairros Corumbá e Cibratel II. Nestas regiões serão beneficiados 3.200 mil domicílios, com 27 quilômetros a mais de rede coletora e 3 quilômetros tronco. Quando os trabalhos se estenderem para os demais bairros da Cidade, o número será ainda maior.

“Eu e os demais funcionários estamos contentes porque vamos garantir pelo menos alguns anos”, ressalta o encarregado da obra no bairro Corumbá, Ivan Santos, de 50 anos. Ele não esconde a felicidade por causa do novo emprego. “Eu estava desempregado. Esta oportunidade veio em um momento muito importante da minha vida”.

Leia mais
Mais Itanhaém estenderá rede de esgoto a 98% da Cidade; obras iniciam no Corumbá
Maior plano de investimento em infraestrutura nos bairros é lançado na Cidade

As adequações são realizadas por trechos e cinco a doze dias, dependendo do tempo e as condições da rua. Os trabalhos são promovidos com celeridade para não atrapalhar a rotina dos moradores. O operador de retroescavadeira, Robson Rosa, de 42 anos, é de Itanhaém e também foi contratado pela para trabalhar na obra. “Além dos empregos formais, o serviço contribui para a geração de renda de terceiros. Compramos a comida de um restaurante aqui mesmo da região. Ou seja, isto faz a economia girar”.