Serviços
acessibilidade



Publicado em: 24/09/2019 - Última modificação: 16/11/2020 - 11:24
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Atividades especiais marcam o Dia do Surdo na Rede de Ensino de Itanhaém

EDUCAÇÃO INCLUSIVA - Estão programadas atividades como apresentação de música em libras, contação de história, palestras, roda de conversa e muito mais



Este é um dos símbolos que indicam que, por exemplo, um local é acessível em LIBRAS e possui a presença de um tradutor

Compartilhar:

Em alusão ao Dia Nacional do Surdo e o Setembro Azul, as unidades escolares que possuem intérpretes alfabetizadores em Língua Brasileira de Sinais (Libras) realizarão várias ações para marcar esta data, nesta quinta-feira (26). Estão previstas atividades como rodas de conversas e interação entre escolas, contação de histórias, palestras, apresentação de uma música em libras, exposição de fotos e muito mais.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, Facebook e no Twitter 

Na escola Célia Marina haverá uma apresentação do Hino de Itanhaém em libras. Já na creche Luza da Vida acontecerá uma roda de conversa e interação com a E.M Maria Cristina. A contação da história ‘Maria vai com as outras’ será na unidade de ensino Divani Maria Cardoso.

Leia mais

Curso de libras como ferramenta de inclusão social nas escolas

A escola municipal Eugênia Pitta Rangel Veloso será palco para uma palestra com a temática do Setembro Azul, em que ocorrerá a distribuição do alfabeto com libras. Alunos e interpretes apresentarão uma música em libras na unidade escolar Harry Forssell. No Leonor Mendes de Barros haverá uma exposição de fotos dos trabalhos desenvolvidos no Atendimento Educacional Especializado (AEE).

O aluno Cauê da Silva contará uma história em libras para os estudantes da escola Silvia Marasca. Todos os alunos do 1º ano A da instituição de ensino Olga Lopes participarão de uma apresentação sinalizada em libras de ‘Era Uma Vez’.

Setembro Azul

Não há apenas um dia a ser comemorado, pois Setembro Azul é denominado como o mês da representação da comunidade surda. A rede municipal tem 16 alunos com deficiência, que contam com o apoio de 10 intérpretes e uma estagiária. Além disso, no contraturno escolar existe o suporte técnico e pedagógico do Atendimento Educacional Especializado, que é oferecido na E.M Leonor Mendes de Barros.


Palavras-chave: , , , , , ,