Serviços
acessibilidade



Publicado em: 02/10/2019 - Última modificação: 16/11/2020 - 11:24
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Bem financeiro e ambiental, nova iniciativa da Prefeitura evita descarte de móveis

REUTILIZAÇÃO - Durante o processo, eles são lixados, pintados e as madeiras substituídas



Compartilhar:

Desde maio deste ano, a Prefeitura está com uma iniciativa sustentável para dar novo destino a móveis danificados do Poder Público. Antes, eles eram vendidos em leilões e muitas vezes descartados em lixões ou ferros-velhos. Agora, eles são restaurados e enviados de volta a entidades, secretarias e outros setores da Prefeitura, reduzindo o impacto ao meio ambiente juntamente com gastos financeiros.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

Quando os móveis chegam ao setor de patrimônio, um trabalho de seleção de móveis do que pode ser reaproveitados é iniciado no local. Os principais problemas são ferrugem e pés dos móveis que se desfazem. Durante o processo, eles são lixados, pintados e as madeiras substituídas. Ao final do processo, o mobiliário está pronto para ser utilizado novamente.

Cerca de 30% das peças que chegam são reaproveitadas e devolvidas, de acordo com Marcelo Spedini, do setor de patrimônio. Além de serem enviados aos setores municipais que precisam, os móveis também são utilizados na própria oficina.

Leia mais
Estudantes aprender a cuidar do meio ambiente com materiais recicláveis
Unindo o útil ao agradável; troncos ajudam a conter o avanço da erosão

“Além de evitar o desperdício, essa iniciativa facilita para departamentos que não têm tanta facilidade em adquirir móveis e diminui o descarte de materiais que levam mais tempo para a decomposição, como plásticos e espumas.” Disse Lilian Buzetto, chefe da sessão de patrimônio.


Palavras-chave: , ,