Generic selectors
Resultados exatos
Buscar por títulos
Buscar por conteúdo
Buscar
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
Administração
Assistência e Desenvolvimento Social
Comunicação Social
Desenvolvimento Econômico
Educação, Cultura e Esportes
Fazenda
Fundo Social
Gestão e Controle
Governo Municipal
Habitação
Leia Mais
Mais Notícias
Negócios Jurídicos
Obras e Desenvolvimento Urbano
Planejamento e Meio Ambiente
Procuradoria Geral
Relações do Trabalho
Relações Institucionais
Saúde
Sem categoria
Serviços e Urbanização
Trânsito e Segurança Municipal
Turismo
Publicado em: 02/10/2019 - Última modificação: 10/10/2019 - 08:05
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Itanhaém terá o maior crescimento do consumo na Região este ano

DESENVOLVIMENTO - O potencial de consumo é o índice que mede o quanto será gasto em compras no comércio e setor de serviços em um determinado período



Os setores movimentarão mais de R$ 2,56 bilhões, somente este ano no Município

Compartilhar:

Itanhaém será a cidade com maior crescimento no potencial no consumo em 2019 na Região Metropolitana da Baixada Santista, segundo pesquisa do IPC Maps 2019, da iPC Marketing. O índice mede o quanto será gasto em compras no comércio e nos serviços em um determinado período. Os setores movimentarão mais de R$ 2,56 bilhões, somente este ano no Município.

 Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

Ainda segundo o mesmo Instituto, Itanhaém está na contramão da realidade da Baixada Santista. Apenas quatro municípios apresentarão crescimento no levantamento realizado e a perda calculada deve girar em torno de 2,139 bilhões. Já Itanhaém terá um aumento de mais de R$ 402 milhões em 2019.

“O potencial de consumo indica que mais pessoas estarão comprando na nossa Cidade, seja no comércio ou usufruindo os nossos serviços, que são os mais importantes da economia de Itanhaém. Isso significa mais emprego e renda para a população. Este estudo é um dos diversos dados que comprovam o quanto a nossa Cidade cresceu nos últimos 15 anos”, afirmou o prefeito Marco Aurélio Gomes.

Os dados do Instituto projetam que cada morador da zona urbana irá gastar, em média, algo em torno de R$ 25 mil durante todo o ano de 2019, enquanto que na área rural os gastos serão de R$ 13,4 mil por pessoa ao longo dos doze meses.

 Leia mais
PIB de Itanhaém registra crescimento econômico de 4,7% e ultrapassa R$ 1,5 bi
Potencial do aeroporto gera expectativas no I Fórum Empresarial e Turístico

RANKING

Os números da pesquisa projetam que Itanhaém irá subir 52 posições no ranking nacional entre as cidades com maior potencial de consumo – indo de 331º para 279º entre os 5.570 municípios pesquisados. No ranking estadual, são 13 degraus de avanço – de 97º para 84º entre as 645 cidades paulistas.

EMPRESAS

O setor de comércio e serviços é o grande motor da economia de Itanhaém, sendo responsável por mais de 89% do Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma todas as riquezas de uma região. O setor também é responsável por grande parte das 13.229 empresas cadastradas na Cidade.

São 6.443 empresas ligadas ao setor de serviços e 4.694 do setor de comércio – a área corresponde a 84% de todos os empreendimentos na Cidade. Destaque para o ramo de comércio varejista (4.499 empresas), alimentação (2.182 empresas), serviços em geral (2.867) e construção civil (1.029 empresas).


Palavras-chave: , , , ,