Publicado em: 06/11/2019 - Última modificação: 13/11/2019 - 18:16
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Tolerância zero às invasões; Prefeitura quer acabar de vez com as construções irregulares

PLANEJAMENTO - O comitê de combate a invasões apresentou cronograma de ação mais rigoroso para fiscalizar e acabar de vez com as construções ilegais



Operações contra construções desordenadas de terrenos são intensificadas pela Prefeitura e órgãos do Estado

Compartilhar:

Operações contra ocupações desordenadas de terrenos são intensificadas pela Prefeitura e órgãos do Estado. O alinhamento nas estratégias para coibir, a curto prazo, as construções em áreas proibidas tem ampliado esforços de tolerância zero às invasões. O comitê de combate às construções irregulares apresentou cronograma que promete ainda mais agilidade na fiscalização em diferentes regiões da Cidade.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagramno Facebook e no Twitter

A ação é um desdobramento do trabalho já realizado com a participação das secretarias de Habitação; de Serviços e Urbanização; de Obras e Desenvolvimento Urbano; de Trânsito e Segurança Municipal; e de Comunicação, com suporte das polícias Civil e Militar.

Em meio aos processos, diversos moradores são notificados e recebem prazo de cinco dias para que comecem a desmontar suas habitações e nada mais poderá ser construído no local. Se no fim deste período as construções continuarem, acontecerão as demolições sumárias, ou seja, as equipes poderão derrubar toda e qualquer moradia sem aviso prévio.

Além de prevenir impactos ambientais, as operações também podem desmascarar pontos de crimes organizados, como covis de traficantes e pontos de drogas, impedindo que essas atividades ilegais ocorram na Cidade, levando criminosos à justiça. Um levantamento realizado pela Administração mostrou que, na maioria das vezes, as pessoas que se instalam em diferentes bairros da Cidade migram de outras localidades.

Esses procedimentos ocorrem continuamente em outras áreas da Cidade para que essas ocupações ilegais possam ser contidas e para manter a segurança dos munícipes. Denúncias de casos desse tipo podem ser feitas pelo telefone da Polícia Militar Ambiental (13) 3422-3765 ou da Prefeitura 3421-1600, ramal 1296, pelo número de emergência 153, pessoalmente na Secretaria de Obras ou diretamente na Regional mais próxima da residência.

ENCONTROS

 

 

 

 

 

E no último dia 4, uma reunião entre o prefeito de Itanhaém, Marco Aurélio Gomes, secretários municipais e o capitão Bussotti, da 1ª Cia do 3º Batalhão da Polícia Militar Ambiental, mostrou os trabalhos realizados na Cidade e ações futuras.

 


Palavras-chave: , , , , ,