Serviços
acessibilidade



Publicado em: 16/11/2019 - Última modificação: 16/11/2020 - 11:18
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Turma de ballet doa kits com diversos brinquedos ao Fundo Social

NATAL DE AMOR - Fundo Social repassou os brinquedos para quatro organizações sociais de Itanhaém realizarem sua festa natalina



Brinquedos foram arrecadados no encerramento das Oficinas de Dança, pelo espetáculo “Campeões de bilheteria”

Compartilhar:

Uma parceria entre o Fundo Social de Solidariedade e a turma de ballet da Oficina Cultural de Dança de Itanhaém renderá um Natal mais feliz para crianças de diversos bairros da Cidade. Isso porque o grupo de dançarinos doou diversos kits com brinquedos para o Fundo Social, que repassou para quatro organizações sociais de Itanhaém realizarem sua festa natalina.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

Confira as fotos

Os kits repletos de brinquedos arrecadados no encerramento das Oficinas de Dança, no espetáculo ‘Campeões de bilheteria’, foram doados às crianças do Jardim Oásis, Associação de Bairro Moradores do Conjunto Habitacional Aguapeú, projeto ‘Estrela da manhã’ da Assembleia de Deus Ministério do Espírito e Associação Vencendo com Amor e Fé.

“É muito importante esse espírito de solidariedade estar presente nos jovens da Cidade, pois suas ações de agora refletirão no futuro. Além disso, fico muito feliz de receber essa doação e poder repassar para entidades que promovem festas de Natal, pois sei que cada brinquedo deixa o Natal ainda mais mágico para as comunidades carentes de Itanhaém”, destaca a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Daily Kubagawa Gomes.

Leia mais
Clima natalino: Cerca de 400 crianças participam do Natal Solidário promovido pelo Fundo Social

DOAÇÃO

A ideia de arrecadar brinquedos por meio da arte veio da coordenadora da oficina, a professora Lenisa Rocha: “Deus nos dá a arte da dança, e esta ação é uma maneira de agradecer, expressar nossa gratidão, fazendo outra criança feliz. Afinal, é muito bom contribuir com quem precisa e acaba servindo de incentivo para os alunos, que participam de todo o processo e levam a solidariedade de inspiração para a vida”.

Com apenas 15 anos, Clara Macedo Zanirato de Camargo é bailarina há 7 anos e sabe da importância da ação: “eu me sinto muito feliz por ajudar e sei que as crianças que receberem os brinquedos vão ficar muito felizes e gratas pelo que estamos fazendo. É algo que vai ajudar crianças que não possuem muitas condições. Estamos dando um jeito de oferecer a brincadeira para elas, e para gente só custa o que a gente ama fazer, que é a dança”.

Enquanto isso, Derick Zechinatto, de 17 anos, também fala sobre a experiência de ajudar o próximo: “fico muito feliz de proporcionar os brinquedos por meio da arte e por trazer essa cultura para todos. Eu sou voluntário no Centro de Orientação dos Deficientes de Itanhaém (CODI), então tenho uma noção da dificuldade de algumas famílias por conta da condição financeira, por isso, ajudar com esses brinquedos se torna tão especial e gratificante”.


Palavras-chave: , , , ,