Serviços
acessibilidade



Publicado em: 25/11/2019 - Última modificação: 16/11/2020 - 11:18
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Proerd forma mais de 300 alunos da rede municipal e particular de ensino

NÃO ÀS DROGAS - Durante quatro meses os alunos aprenderam como as drogas são nocivas e as formas de evitá-la



Todos os estudantes receberam certificado e alguns foram premiados pela qualidade das suas redações

Compartilhar:

“Eu, aluno Proerd, prometo aos meus pais, aos meus professores, às autoridades e à comunidade presente, ficar longe das drogas e não praticar a violência”. Esse juramento ecoou na voz de mais de 300 alunos da rede municipal e particular de ensino durante a cerimônia de formatura do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), no Centro de Convenções Miguel Reale.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

Ao longo de quatro meses, policiais militares, que são instrutores do Proerd, mostraram aos estudantes do 5º ano do Ensino Fundamental os efeitos negativos das drogas e ensinaram as mais diferentes formas de dizerem não a esse mal.

Além disso, o Proerd buscou oferecer aos alunos uma chance de conhecerem de perto as autoridades, para assim, mostrarem que os estudantes podem confiar nos policiais e podem até se tornarem amigos.  “Muito importante para mostrar que a polícia e a comunidade unidas são uma força imbatível”, disse o instrutor o PM José Pinto Silva Junior.

Após as aulas, a aluna da Escola Olga Lopes, Lya Pyetra Silva Santos, de 11 anos, mudou o seu jeito de pensar. “Pensava que eles eram sérios e bravos, mas quando eu conheci o instrutor percebi que são pessoas legais e que também têm sentimentos”, contou Lya. Os bons relatos sobre os ensinamentos que aprendeu durante o Proerd, fizeram com que Lya ganhasse uma medalha pelo bom desenvolvimento de sua redação.

Leia mais

Alunos conquistam 40 medalhas na Olimpíada de Astronomia e Astronáutica

Pais e familiares registravam o momento especial das crianças e transbordavam de orgulho. Esse é o caso de Ednéia Silva da Cruz, 38 anos, que estava muito emocionada pela conquista do filho Nathan Henrique Silva Santos, de 11 anos, que foi premiado com uma medalha também pela qualidade da sua redação.

Todos os estudantes receberam certificado pelo esforço e dedicação durantes os quase quatro meses de curso. A cerimônia contou com a presença do secretário de Educação, Cultura e Esportes Douglas Luiz Rodrigues, do secretário de Saúde Fábio Crivellari Miranda, da diretora pedagógica Lilian Batalha e policiais militares.

Confira a lista dos alunos que tiveram a redação premiada

E.M Filomena Dias Apelian

5º A – Nathan Henrique Silva Santos

5º B – Fernando Moreira Brito

E.M Elga Reis

5º A – Giovanna Moreira

5º B – Sara Lopes de Jesus

5º C – Nicoly Roschel Ribeiro

E.M Profª Maria Cristina Macedo Gomes

5º A – Gabriel Dias

5º B – Ana Carolina Fidencio

5º C – Leticia Maira de Sousa Barbosa

E.M Profª Silvia Regina Schiavon Marasca

5º A – Rafael Bernardo de Souza Santos

5º B – Victor Justino Evangelista

5º C – Felipe Correira

E.M Profª Maria Graciette Dias

5º A – Izabelly Julia D. Santos

5º B – Álvaro Alexandre Salviano Botelho

E.M Olga Lopes de Mendonça

5º A – Lya Pyetra da Silva Santos

5º B – Gustavo de Carvalho Mendes

5º C – Ariane Pinho das Dores

E.M Walter Arduini

5º A – Pedro Oliveira Floter

5º B – Luiz Felipe dos Santos

Colégio Albert Einstein

5º A – Arthur R. Gutierrez

Escola de Educação Infantil e Ensino Fundamental 22 de Abril

5º A – Vitória Osti


Palavras-chave: , , , , , , ,