Serviços
acessibilidade



Publicado em: 10/12/2019 - Última modificação: 16/11/2020 - 11:16
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Otimistas, comércios aumentam as expectativas de vendas para o Natal

ECONOMIA - Com a 2ª parcela do 13° e um novo saque do FGTS, é esperado um aumento de 10 a 15% no faturamento, em comparação ao mesmo período de 2018



Um fator que favorece as vendas é a volta do otimismo por parte dos consumidores registrados durante a última Black Friday, realizada em 29 de novembro

Compartilhar:

Dezembro é a época de celebrar o Natal e de presentear as pessoas que amamos. E os comerciantes da Cidade estão otimistas para as vendas de final de ano, considerando a 2ª parcela do 13° salário, que tem como data-limite o dia 20 de dezembro, e a possibilidade de um novo saque do FGTS, a expectativa é de um aumento de 10 a 15% no faturamento, em comparação ao mesmo período de 2018.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

Segundo pesquisa realizada pelo Sindicato do Comércio Varejista da Baixada Santista (SincomércioBS), 53% dos empresários entrevistados demonstram otimismo quanto  ao faturamento para o término de 2019, o que representa um aumento de sete pontos percentuais em comparação ao ano passado, quando 46% tinham esta percepção.

 Leia mais
Posto de Atendimento ao Trabalhador lança campanha para atualizar cadastro
Carnês do IPTU 2020 já estão disponíveis on-line; consulte o site da Prefeitura

Após um período fraco e de retração da economia, o movimento nos estabelecimentos comerciais cresceu nos últimos dias, isso devido ao fator que favorece as vendas, que é a volta do otimismo por parte dos consumidores registrados durante a última Black Friday, realizada em 29 de novembro, época em que os comerciantes baixam os valores dos produtos com descontos relevantes em todas as categorias, o que gerou um aquecimento nos negócios locais, além de maior acesso ao crédito.

A exemplo disso houve um aumento de 10% das vendas em uma rede varejista de móveis e eletrodomésticos da Cidade durante a Black Friday, em comparação ao ano passado, e para este mês, há uma projeção de 12 a 15%. “Na segunda semana de dezembro, espero um crescimento das vendas para as pessoas que chegam às casas de veraneio, e que buscam produtos à pronta entrega como colchões, ventiladores e refrigeradores”, esclarece Denis Bastos da Silva, de 30 anos, gerente da empresa.

Segundo o presidente da Associação Comercial, Agrícola e Industrial de Itanhaém, Roberto Campos, a expectativa para o comércio do Município é positiva. Ele estima um aumento de 8% a 12% de vendas para o Natal em relação ao ano passado, principalmente com a liberação de R$ 500 do FGTS e do pagamento da segunda parcela do 13º salário.

“Alguns segmentos podem não ter sentido este reflexo ainda por conta da concorrência com redes de atacados que chegaram à Cidade. Mas a possibilidade no aumento das vendas em geral até a segunda quinzena deste mês será considerável, ao atender turistas e moradores de Itanhaém”, finaliza.

Lucas Reis Bellini, responsável por uma loja de eletro e vestuário, relata que houve um aumento de 12% em comparação ao ano anterior. E que devido a Black Friday, os números subiram para 14% em relação a 2018, e, somente no dia 29 de novembro, obteve 30% a mais nos lucros da empresa. “Estamos animados com o ritmo das vendas, pois logo no início de dezembro, houve um aumento de 7% referente a 2018. Há muitas ofertas para chamar a atenção dos consumidores, principalmente na parte de tecnologia como celulares e eletroportáteis”.

“Para as festas de dezembro temos o maior fluxo de vendas, seja pelo meio físico ou comércio eletrônico, onde os consumidores, além de presentear amigos e parentes, injetam valores significativos com compras diversas alusivas ao período natalino, principalmente em produtos com maior valor agregado”, esclarece o secretário de Desenvolvimento Econômico, Eliseu Braga Chagas.


Palavras-chave: , , , , , ,