Serviços
acessibilidade



Publicado em: 13/12/2019 - Última modificação: 16/11/2020 - 11:16
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Itanhaém é pioneira em descentralização de agentes para o combate a arboviroses

PROJETO - A unificação entre os agentes de endemias e os agentes comunitários de saúde já apresenta bons resultados, principalmente na proximidade entre a Prefeitura e a comunidade



A iniciativa está em fase de experiência

Compartilhar:

A unificação entre os agentes de endemias e os agentes comunitários de saúde vem qualificando o serviço de controle a arboviroses (doenças causadas por arbovírus, que incluem o vírus da dengue, zika vírus, febre chikungunya e febre amarela). A integração entre as duas categorias de agentes é uma exigência do Ministério da Saúde, e Itanhaém é pioneira na ação, pois na Cidade os agentes já trabalham em conjunto nas Unidades de Saúde da Família (USFs). A iniciativa apresenta bons resultados, principalmente na proximidade entre a Prefeitura e a comunidade.

 Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

Responsável por estreitar os laços com a comunidade, visitando e acolhendo pacientes em microáreas, o agente comunitário de saúde é um profissional já estabelecido nas Unidades de Saúde da Família (USFs). E com a implantação do projeto de integração entre as duas categorias de agentes, o profissional inserido na Vigilância em Saúde ganha com o estreitamento de laços junto à comunidade, melhorando o combate a arboviroses e outras pragas.

Vale lembrar que a iniciativa ainda é uma experiência, mas tem obtido bons resultados em Itanhaém e deve ser fortalecida no decorrer dos anos.

 Leia mais
Inscrições para concurso público na área da saúde encerram na segunda

RESULTADOS

Com o projeto de descentralização entre os agentes, o Município eliminou 95% das recusas de moradores durante a visita dos agentes a imóveis. A Cidade ainda diminuiu os custos com transporte para os agentes e facilitou a comunicação entre a Vigilância em Saúde e a Atenção Básica, criando uma ponte firme para a troca de informações. O projeto foi elogiado no evento “Mobilização e Transformação Social”, realizado no Departamento Regional de Saúde (DRS) de Santos.


Palavras-chave: , , ,