Publicado em: 10/01/2020 - Última modificação: 16/01/2020 - 16:58
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Contra dengue; Ações são definidas em Plano de Contingência de Combate às Arboviroses

SAÚDE - O documento estabelece as atuações de combate e prevenção das doenças para o decorrer do ano



Se você apresentar algum sintoma da doença, é recomendado que procure a Unidade de Saúde da Família (USFs) mais próxima de sua residência

Compartilhar:

Intensificar o combate às doenças causadas por arbovírus, como dengue, chikungunya, febre amarela e zika no Município. Este é o principal objetivo do Plano de Contingência de Combate às Arboviroses, que, readaptado para o ano de 2020, já está em cumprimento. O documento, elaborado pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, estabelece as ações e prevenções para o decorrer do ano.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

O Plano pode sofrer adequações de acordo com as necessidades do período, porém, estabelece as atividades a serem realizadas em cada mês. Entre as ações, estão a distribuição de cartazes informativos, stands e atividades educativas em eventos promovidos pela Prefeitura, visitas em comunidades religiosas, ONGs ou associações, atuações educativas em prédios públicos e unidades escolares, além de outras atividades que visam conscientizar a população quanto aos cuidados para evitar as doenças.

Leia mais
Fique atento: Verão exige maiores cuidados com a sua saúde

Vale lembrar que o documento também estabelece uma política da intersetorialidade dentro da Prefeitura, de forma a manter integrada, além da Secretaria de Saúde, as pastas de Educação, Meio Ambiente, Obras e Serviços e Urbanização. Todas elas com a sociedade civil, já que o controle de arboviroses trata de uma ação de responsabilidade social e coletiva, não se restringindo apenas ao Governo Municipal.

Confira o Plano de Contingência de Combate às Arboviroses na íntegra

ARBOVIROSES

Febre, dor de cabeça, mal-estar, dor nas articulações e náuseas são alguns dos indícios mais comuns das doenças. Desta forma, se você apresentar alguns deles, é recomendado que procure a Unidade de Saúde da Família (USFs) mais próxima  de sua residência, pois os sintomas iniciais devem ser tratados primeiramente na Rede de Atenção Básica. O paciente é encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) somente em casos de emergência, para internação ou estabilização.

 


Palavras-chave: , , , , ,