Publicado em: 16/03/2020 - Última modificação: 17/03/2020 - 16:58
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Prefeitura anuncia medidas preventivas contra a disseminação do coronavírus

PROTETIVA - Entre as ações, a suspensão das aulas na Rede Municipal de Ensino, de visitas a hospitais e de eventos culturais e esportivos



Compartilhar:

A Prefeitura adotará 11 medidas preventivas para evitar a disseminação do novo coronavírus (COVID-19). A decisão foi tomada em reunião extraordinária com o Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb) e reforçada pelo prefeito de Itanhaém, Marco Aurélio Gomes, em coletiva nas redes sociais nesta segunda-feira (16). Entre as ações, a suspensão das aulas na Rede Municipal de Ensino, de visitas a hospitais e de eventos culturais e esportivos.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

A medida também restringe a circulação de pessoas em shopping, cinema, igrejas, clubes e centros comerciais. Em Itanhaém, além da paralisação das aulas em escolas e creches, outros equipamentos também terão suas atividades canceladas a partir desta terça-feira (17), como o Grupo Conviver da Terceira Idade, a Casa do Artesão, o Museu Conceição de Itanhaém, a Pinacoteca Municipal, a Biblioteca Municipal Poeta Paulo Bomfim e o Espaço Gabinete de Leitura. A retomada da programação só será definida conforme o avanço do coronavírus for contido no estado de São Paulo.

O Cartório Eleitoral de Itanhaém, que mantém seus trabalhos concentrados no cadastro da biometria dos eleitores, terá seus serviços paralisados até o dia 31 de março. Em razão do risco de contaminação, o atendimento da Assistência Judiciária da Subseção será suspenso por 15 dias, também a partir desta terça (17).

Durante esta semana, as escolas permanecem abertas, parcialmente, apenas para orientar as famílias sobre os cuidados com a doença. A partir da próxima segunda (23), as unidades escolares serão fechadas por tempo indeterminado.

“É importante ressaltar que não há casos confirmados na Cidade, mas vamos analisar o cenário dia a dia. A medida é protetiva e adotada de forma uniforme pelos demais municípios da Região. Nós estamos preparados para atender as pessoas que forem diagnosticadas com o vírus”, ressalta Gomes.

O reforço nas ações contará um Comitê Metropolitano montado para avaliar e propor ações voltadas ao coronavírus às cidades da Baixada Santista. Além disso, um Plano Regional de Contingência está sendo elaborado pelos prefeitos e encaminhado aos governos estadual e federal. As informações serão atualizadas na quinta-feira (19), quando ocorrerá a reunião do Condesb.

“O importante agora é o comprometimento para evitar a disseminação, que pode ser impedida sem o aglomero, sem a grande quantidade de pessoas reunidas no mesmo ambiente, principalmente aqueles pacientes que estejam em um quadro respiratório agudo. Esses devem permanecer em suas casas. Todo o empenho é para que não haja o período de grande transmissibilidade”, explica o secretário municipal de Saúde, Fábio Crivellari Miranda.

Confira as medidas

1) Escolas fechadas: aulas das escolas municipais estarão suspensas, por tempo indeterminado, a partir da próxima segunda-feira (23). Recomendação para as privadas;

2) Equipamentos públicos: Todas as atividades esportivas, culturais e de lazer estão suspensas desde o dia 17, por tempo indeterminado, com exceção dos serviços de saúde, segurança e assistência social;

3) Alteração do regime de trabalho das prefeituras: permitindo home office (trabalho em casa) de acordo com a deliberação das chefias imediatas, avaliando a idade, doenças preexistentes e de acordo com a natureza do serviço;

4) Eventos públicos: cancelados;

5) Eventos privados: suspensão de autorização para eventos privados, por tempo indeterminado, incluindo os já autorizados;

6) Locais de grande circulação: recomendação de restrição de circulação de público e atividades em locais como shopping, igreja, clube, centro comercial, cinema, teatro e similares. Força-tarefa para orientação de higiene e medidas preventivas;

7) Plano Regional de Contingência: definição de pauta de demandas de recursos, insumos e equipamentos necessários para o enfrentamento da doença e assistência aos pacientes. A proposta conjunta será elaborada pelos secretários municipais de Saúde e Departamento Regional de Saúde (DRS-4) e encaminhada ao Governo do Estado e Governo Federal.

8) Comitê Metropolitano Permanente: colegiado com as nove prefeituras irá se reunir periodicamente para definir novas estratégias. A próxima reunião está marcada para quinta (19), às 9h30.

9) Comunicação: campanha conjunta de divulgação das ações e medidas preventivas. Destaque para a importância da adesão da sociedade, principalmente idosos e pessoas com comorbidades (grupos de risco) e jovens (principais agentes de transmissão da doença). Grupo de secretários municipais do setor desenvolverá material informativo.

10) Visitas hospitalares: suspensas por tempo indeterminado. Será permitido apenas acompanhante que não tenha comorbidades.

11) Suspensão de autorização para vans e ônibus de turismo: medida válida para todas as cidades da Baixada Santista por tempo indeterminado.


Palavras-chave: ,