Publicado em: 17/03/2020 - Última modificação: 17/03/2020 - 15:00
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Segurança; novo armamento é entregue à Guarda Municipal

PROTEÇÃO - As armas serão empregadas em operações da GCM na dispersão de tumultos, distúrbios e no restabelecimento da ordem pública contra a criminalidade



Foram entregues três espingardas de repetição cal 12 do modelo Military 3.0 e munições tipo balote (chumbo) e de elastômero (borracha)

Compartilhar:

Pensando em viabilizar estratégias para reforçar a segurança pública da Cidade, a Prefeitura disponibilizou novo armamento para a corporação da Guarda Civil Municipal (GCM). Foram entregues três espingardas de repetição cal 12 do modelo Military 3.0 e munições tipo balote (chumbo) e de elastômero (borracha).

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

As armas serão empregadas em operações da GCM na dispersão de tumultos, distúrbios e no restabelecimento da ordem pública contra a criminalidade, em ações de força-tarefa em conjunto com os demais órgãos de polícia do Município.  Desde 2018, 42 guardas municipais foram aptos a usarem arma de fogo, que começaram a atuar com pistolas semiautomáticas calibre .380.

“Estamos com um efetivo de 60 GCMs, e 39 deles estão habilitados a usarem o armamento. Os agentes não podem fazer o trabalho da polícia, mas sim, somar esforços em ações onde é necessário um apoio maior. Por isso, eles são capacitados por um treinamento rigoroso quanto ao manejo das armas”, esclarece o secretário da pasta, Milton Saldiba Passareli de Campos Júnior.

Leia mais
Guarda Municipal recebe dois cães para reforço em ações com entorpecentes
Delegacia especializada na prevenção da violência contra a mulher chegará a Itanhaém

CAPACITAÇÃO

Anualmente, a Guarda Civil Municipal de Itanhaém passa por um curso com duração de 80 horas, chamado de Estágio de Qualificação Profissional (EQP). Dessas 80 horas, 20 são destinadas ao treinamento com armas de fogo e o restante é aplicado em cursos provenientes da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

É permitida a utilização do armamento conforme a Lei Federal, e as avaliações psicológicas são feitas por profissionais credenciados junto à Polícia Federal. Além disso, os GCMs são avaliados de forma prática e teórica por instrutores de tiro credenciados. O período de ambos os testes ocorrem a cada dois anos.


Palavras-chave: , , , , , , ,