Publicado em: 02/04/2020 - Última modificação: 24/04/2020 - 13:03
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Prefeitura apoia Procon na fiscalização contra preços abusivos de gás

MEDIDA - Em casos de cobranças abusivas, registre sua reclamação no www.procon.sp.gov.br ou via redes sociais, marcando @proconsp e indicando o endereço ou site do estabelecimento



O Procon-SP e o Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope) trabalham juntos para combater, identificar e punir a prática de preços elevados de gás residencial

Compartilhar:

A Prefeitura de Itanhaém apoia a ação da Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-SP) de apurar as denúncias sobre preços elevados na compra de botijão de gás, que não podem ultrapassar o valor de R$ 70,00. A medida visa coibir o aumento dos preços nas vendas de gás de cozinha e minimizar a crise econômica gerada pela Covid-19. Em casos de cobranças abusivas, registre sua reclamação no www.procon.sp.gov.br, aplicativo – disponível para Android e iOS – ou via redes sociais, marcando @proconsp e  indicando o endereço ou site do estabelecimento.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

O Procon-SP e o Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope) trabalham em consonância para combater, identificar e punir a prática de preços elevados de gás residencial. Desde o início da quarentena, o órgão já contabilizou mais de 120 denúncias online. Por isso, a decisão do Governo do Estado é de que as forças policiais que estiverem em patrulhamento abordem fornecedores de botijões, caso identifiquem aglomeração de pessoas ou preços abusivos.

Acionadas, as equipes do Procon-SP, que contarão com o apoio das viaturas do Dope, aplicarão as sanções previstas na legislação aos fornecedores, que serão multados e conduzidos à delegacia de polícia para que respondam por crime contra a economia popular.


Palavras-chave: , , ,