Publicado em: 12/05/2020 - Última modificação: 16/11/2020 - 10:32
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Itanhaém pauta a ampliação de leitos do Hospital Regional como prioridade do Condesb

ENCONTRO - Reunião do Comitê Metropolitano de Contingenciamento do Coronavírus na Baixada Santista ocorreu na manhã desta terça-feira (12), por videoconferência



Cidades da Baixada Santista irão formalizar ao Governo do Estado pedido para que seja ampliado o atendimento no Hospital Regional Jorge Rossmann de Itanhaém

Compartilhar:

As cidades da Baixada Santista irão formalizar ao Governo do Estado pedido para que seja ampliado o atendimento no Hospital Regional Jorge Rossmann de Itanhaém, unidade de saúde administrada pela rede estadual. A decisão foi o tema principal durante a 11ª reunião do Comitê Metropolitano de Contingenciamento do Coronavírus na Baixada Santista, realizada nesta terça-feira (12), por videoconferência, com os nove prefeitos da região metropolitana.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook, no Twitter, no Youtube e no Flickr

“Os prefeitos foram sensíveis com a questão da ampliação do Hospital que é referência às cidades do Litoral Sul (Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe)”, afirmou o prefeito de Itanhaém Marco Aurélio Gomes. “O último relatório enviado pelo Estado aponta que dos dez leitos de UTIs nenhum está disponível para a Covid-19, e dos 15 leitos de enfermaria, 14 estavam ocupados”.

Outro assunto discutido foi a ocupação de leitos de UTI na Região, que chega a 80%. Por isso, o Condesb se manifestou contrário à vinda de pacientes de outras regiões para ocupar os leitos metropolitanos porque existem outros municípios com taxas menores de ocupação de leitos.

ACADEMIAS E SALÕES DE BELEZA

Durante a videoconferência, também foi discutido o decreto presidencial, publicado em edição extra, na última segunda-feira (11), do Diário Oficial da União, que inclui salões de beleza, barbearias e academias de ginástica na lista de serviços essenciais. Os prefeitos optaram por aguardar a manifestação do Ministério da Saúde regulamentando os serviços, como dispõe o decreto para definir a atividade nos municípios.

CONFIRA O QUE FOI ABORDADO EM REUNIÃO NA TERÇA (12) 

Ampliação de Leitos Litoral Sul – Devido à ampliação dos casos no Litoral Sul, o Condesb vai encaminhar ofício ao Estado solicitando a abertura imediata e urgente de 10 leitos de UTI e 30 de Enfermaria no Hospital Regional de Itanhaém, que é administrado pelo Estado e possui capacidade de ampliação, por meio de uma organização social.

Ocupação dos Leitos – Em razão da ocupação dos leitos de UTI na Região Metropolitana da Baixada Santista, chegando a 80% dos leitos, o Condesb se manifesta contrário à vinda de pacientes de outras regiões para ocupar os leitos metropolitanos. Vale destacar que existem outras regiões com taxas menores de ocupação dos leitos.

Decreto Serviços Essenciais – Em razão do decreto presidencial, o Condesb vai aguardar a manifestação do Ministério da Saúde regulamentando a atividade, como dispõe o decreto para definir a atividade nos municípios.

 


Palavras-chave: , , , , ,