Publicado em: 05/06/2020 - Última modificação: 15/06/2020 - 08:55
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Lixo no Lixo: Cidade faz campanha sobre o descarte correto de resíduos

MEIO AMBIENTE - No Município são recolhidas aproximadamente 92,5 toneladas de lixo por dia, sendo que 2,5 toneladas são coletadas pelo serviço de varrição que atua nas ruas



Somente neste ano foi feita a substituição de 120 lixeiras que estavam quebradas ou queimadas por conta da ação de vândalos

Compartilhar:

O plástico demora em média 450 anos para se decompor. Quando é descartado de forma incorreta, pode causar entupimentos de valas e bueiros e demais prejuízos em tempos de chuvas. No Município são recolhidas 92,5 toneladas de lixo por dia, sendo que 2,5 toneladas são coletadas pelo serviço de varrição que atua nas ruas e demais espaços públicos. As outras 90 mil são de resíduos domiciliares coletados pelos caminhões. Diante disso, a Prefeitura lançou a campanha ‘Lixo no Lixo’, a fim de alertar e conscientizar a população sobre o impacto dos resíduos na Cidade e seu descarte correto.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

Itanhaém tem uma população estimada em mais de 100 mil habitantes. Com cerca de 650 lixeiras instaladas em pontos estratégicos por todo o Município, a intenção da Administração é fazer com que as pessoas criem o hábito de usá-las para descartar resíduos como, por exemplo, papéis de propaganda e de balas, que são vistos frequentemente nas ruas. Mas, ao contrário disso, as lixeiras são alvos constantes de depredação.

Leia mais
Mais Itanhaém; Prefeitura realiza limpeza, drenagem e desobstrução de canais
Itanhaém completa 488 anos com investimentos em obras de infraestrutura

Somente neste ano, foi feita a substituição de 120 equipamentos que estavam quebrados ou queimados por conta da ação de vândalos, o que gerou um custo de mais de 22 mil aos cofres públicos. “É triste constatar as ocorrências de vandalismo, as pessoas devem se conscientizar e fazerem a sua parte, que é de não depredar o patrimônio público e jogar o lixo no lixo”, explica o secretário de Serviços e Urbanização Vinícius Camba.

Infelizmente quem paga por isso é a população, pois gera um impacto na economia da Cidade, que precisa fazer a substituição e poderia usar a verba para investir em outros serviços. Caso o munícipe presencie atos de vandalismo, denúncias podem ser feitas pelo telefone 153 da Guarda Civil Municipal, 190 da Polícia Militar ou 156 do Departamento de Trânsito.

ECOPONTOS

Em breve serão inaugurados quatro Ecopontos, que atenderão a população para a destinação correta de resíduos sólidos. Os equipamentos receberão entulhos da construção civil, móveis velhos e podas de árvores nas regiões do Verde Mar, Cibratel II, Gaivota e Savoy, além de uma Área de Transbordo e Triagem (ATT) na Chácara Cibratel. Por enquanto, os funcionários estão nos locais para o recebimento de materiais recicláveis como plástico, papel, vidro e metal nos seguintes endereços:

Avenida Marginal – Verde Mar

Rua Jaime Lino dos Santos – Savoy

Rua Afanásio Petecof – Cibratel II

Avenida Flácides Ferreira – Gaivota


Palavras-chave: , , , , ,