Publicado em: 07/12/2020 - Última modificação: 06/01/2021 - 12:56
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Ônibus com wi-fi e acessibilidade passam a circular na Cidade

TRANSPORTE PÚBLICO - A assinatura da ordem de serviço e a apresentação dos veículos ocorreu na última segunda-feira (7), no Paço Municipal; 90% dos funcionários que foram admitidos são da concessionária que operava anteriormente na Cidade



A Expresso Fênix irá operar na Cidade com 22 veículos, com média de três anos e meio de idade

Compartilhar:

A Expresso Fênix realizar o transporte público urbano em Itanhaém desde a última segunda-feira (7). Vinte e dois veículos, entre ônibus e micro-ônibus, com média de três anos e meio de idade, equipados com plataforma elevatória para cadeirantes, internet grátis, sistema de bilhetagem eletrônica e entrada USB para carregar celular estarão circulando na Cidade. Além disso, 60% deles têm ar-condicionado porém, por causa do coronavírus, os veículos estão com os vidros abertos, seguindo as medidas de segurança para evitar contaminação.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook, no Twitter, no Youtube e no Flickr

A ordem de serviço foi assinada pelo prefeito Marco Aurélio Gomes e pelo diretor da empresa Victor Hugo Abi Chedid. A Expresso Fênix irá executar o serviço público por até 180 dias com 60 funcionários, sendo que 90% dos  admitidos são da concessionária que operava anteriormente na Cidade. O valor da tarifa é de R$ 3,75, para as 17 linhas municipais.

Marco Aurélio Gomes e Victor Hugo Abi Chedid

A cerimônia foi acompanhada pela imprensa e autoridades

SOBRE A EMPRESA

O Grupo Fênix, que atua no segmento há 67 anos, é referência de gestão no transporte de passageiros. A empresa está presente em pelo menos 46 municípios do estado de São Paulo e transporta mais de 15.000.000 pessoas por ano. Na Baixada Santista, atende Cubatão e Ilhabela no Litoral Norte. Além disso, a Região Metropolitana de Campinas, Região Bragantina, Circuito das Águas, Circuito das Frutas, Região de Botucatu, Baixa Mogiana, e também o sul de Minas Gerais.


Palavras-chave: , , ,