Serviços
acessibilidade



Publicado em: 12/05/2021 - Última modificação: 20/05/2021 - 14:05
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Alunos de Itanhaém contam com “Delivery de Atividades”

EDUCAÇÃO - A ação consiste na entrega de atividades não retiradas nas escolas, na porta das casas dos alunos, a fim de combater a baixa taxa de frequência, abandono e evasão escolar.



Compartilhar:

Sabendo dos novos obstáculos que a pandemia trouxe aos alunos da Rede Municipal de Ensino, após a suspensão das aulas presenciais, a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes desenvolveu a ação intitulada “Delivery de Atividades”. A iniciativa visa combater a baixa taxa de frequência, abandono e evasão escolar.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook, no Twitter, no Youtube e no Flickr

A ação consiste na entrega de atividades não retiradas nas escolas, na porta das casas dos alunos, para que juntos aos familiares possam desenvolver o conteúdo e garantir o estreitamento dos vínculos entre família e escola. As visitas acontecem seguindo todos os protocolos de segurança contra a Covid-19, como o uso da máscara, álcool em gel e distanciamento social.

Cada unidade escolar depois de esgotadas as possibilidades de entrega e retirada dos blocos quinzenais de atividades, seleciona famílias que necessitam desse atendimento e realizam as visitas junto com o programa Social Escolar instituído no município.

                              

A Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, por meio de seu planejamento estratégico e protocolos pedagógicos voltados para o ensino remoto e híbrido, têm desenvolvido ações de combate à evasão em diversas vertentes. “As escolas seguem articulando a busca ativa dos estudantes para combater a evasão escolar, a fim de amenizar os reflexos causados pela pandemia”, explicou a secretária de Educação, Cultura e Esportes, Márcia Galdino.

Para a mãe do Tiago Ramos, aluno da inclusão do 7º ano, da Escola Municipal Bernadino de Souza Pereira, Claudia Ramos Selimes da Silva, a iniciativa ajuda muito as crianças. “Meu filho é especial, e recebe as atividades adaptadas. A entrega em casa facilita a minha vida”, afirmou.