Serviços
acessibilidade



Publicado em: 02/07/2021 - Última modificação: 02/07/2021 - 20:26
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Dose única: População em situação de rua é vacinada em Itanhaém

ESPERANÇA - No Centro Pop, 90 moradores em situação de rua, receberam o imunizante Janssen de dose única.



Compartilhar:

As secretarias de Saúde e Assistência e Desenvolvimento Social realizaram na manhã desta sexta-feira (02), nas dependências do Centro de Referência Especializada para População em Situação de Rua (Centro Pop), no Belas Artes, a vacinação contra o coronavírus, de 90 moradores de rua, com o imunizante Janssen, de dose única.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook, no Twitter, no Youtube e no Flickr

A ação busca imunizar grupos que correm o risco de não retomar para a segunda aplicação ou que precisam de mais rapidez no processo. Nesta primeira etapa, quase 50% desse público alvo, já foi imunizado.

De acordo com Yuri Duduchel, de 44 anos, vacinado nesta manhã, é gratificante saber que também foi lembrado. “Fico feliz que lembraram de mim, estar aqui me faz repensar sobre tudo que estou deixando de lado na vida, por causa dos meus vícios. Quando estou aqui me sinto cuidado. Tomar a vacina hoje me trouxe alegria e esperança”, afirmou o ex-tatuador, morador de rua, há três anos.

“Por estarmos em situação de rua, somos muito recriminados e julgados. Com a aplicação da vacina estou me sentindo acarinhado, feliz pela oportunidade”, explicou Emerson Francisco Alvarenga, morador em situação de rua, há 14 anos.

Nos próximos dias, as equipes de abordagem começam um novo ciclo na busca ativa desse público remanescente, para que uma nova data de aplicação seja marcada.

“Através do cadastro já existente, realizamos um trabalho onde temos que localizar essas pessoas e convencê-las a receber o imunizante. Este é um público de alta vulnerabilidade social, muitas vezes difícil de ser localizado. Com a vacina de dose única, conseguimos imunizá-los de uma só vez”, explicou o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Hugo Di Lallo.

O Centro Pop realiza um trabalho de resgate social e restabelecimento de vínculos, onde oferece três refeições diárias, banho e estadia durante o dia, para cerca de 80 pessoas.