Serviços
acessibilidade



Publicado em: 12/07/2021 - Última modificação: 21/07/2021 - 16:50
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Itanhaém e região aderem ao selo de turismo metropolitano

TURISMO - Com a certificação, que será gratuita, os veículos de transporte coletivo com finalidade turística na Baixada Santista, podem trafegar pela região sem precisar de uma autorização específica de cada um dos municípios



Compartilhar:

Com o objetivo de integrar o turismo regional e ajudar a alavancar o processo de retomada do turismo na região, no pós-pandemia, Itanhaém e todos os municípios da Região Metropolitana da Baixada Santista aderiram ao selo de turismo metropolitano. A iniciativa visa aperfeiçoar o transporte de turistas pela região, por meio de ônibus, micro-ônibus e vans.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook, no Twitter, no Youtube e no Flickr

Com a certificação, que será gratuita, os veículos de transporte coletivo com finalidade turística na Baixada Santista, podem trafegar pela região sem precisar de uma autorização específica de cada um dos municípios. É valido lembrar que esta medida, não é válida para o turismo de apenas um dia.

As empresas de turismo terão acesso virtual em uma plataforma, que será criada pela Secretaria de Estado do Turismo. Nela, será necessário o preenchimento de um formulário que conterá informações como o destino escolhido, veículo a ser utilizado, local de hospedagem, além dos roteiros pretendidos. Somente após o preenchimento é que o selo terá permissão de impressão.

Os nove municípios da Região Metropolitana da Baixada Santista fornecerão todas as programações, roteiros e pontos turísticos para que a Secretaria de Estado do Turismo os compile na plataforma, propicie o acesso a todos os interessados e estes, então, poderão fazer suas opções, imprimir o selo, colocá-lo no para brisas e assim ter sua circulação livre pelos locais por eles pré-definidos.

Segundo o secretário de Turismo de Itanhaém, Rodrigo Zanella, o momento é oportuno pensando na retomada da economia através da atividade turística. “Com o passe livre sem a necessidade de pedir autorização de cidade por cidade, buscamos fomentar o turismo sustentável e estimular o desenvolvimento econômico neste atípico momento que estamos vivendo”, enfatizou.

Com o avanço da vacinação, e a gradual melhora no quadro da pandemia, os prefeitos da Região estão focados no planejamento para a retomada econômica, dessa forma, o turismo é um dos setores mais importantes para a região.

“Vejo o turismo como o grande vetor de recuperação da economia local. Estamos trabalhando para fortalecer a estrutura turística da Cidade, com a manutenção e recuperação de atrativos, roteirização e estruturação dos segmentos, além da capacitação do setor, em parceria com o Sebrae. Além disso, estamos planejando também eventos esportivos e culturais para serem realizados assim que as condições permitirem”, afirmou o prefeito Tiago Cervantes.

No próximo dia 24 de Agosto, os governantes das cidades da Baixada Santista devem se reunir durante encontro no Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (CONDESB) para assinar oficialmente a certificação.