Publicado em: 30/07/2021 - Última modificação: 30/07/2021 - 18:04
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Educação realiza Semana de Replanejamento Escolar para volta às aulas

EDUCAÇÃO - O planejamento participativo é um recurso essencial na busca do aperfeiçoamento dos afazeres e auxilia, sobremaneira, na realização do trabalho coletivo, ressaltando a importância dos protocolos pedagógicos.



Compartilhar:

Os professores da Rede Municipal de Educação realizaram durante esta semana, que antecede a volta às aulas, o planejamento escolar para o segundo semestre de 2021. A Semana de Replanejamento Escolar realizou atividades com foco na escuta psicopedagógica e planejamento escolar para professores, gestores e funcionários.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook, no Twitter, no Youtube e no Flickr

Na oportunidade, a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes de Itanhaém introduziu a proposta de mobilizar as unidades escolares do município por meio de encontros formativos, que contaram com a presença dos assessores pedagógicos das escolas de educação infantil e ensino fundamental, promovidos pela equipe central da Secretaria.  

O objetivo dessas reuniões foi manter um olhar atento às atividades de retorno quanto aos protocolos pedagógicos já adotados, para que a escola possa se organizar e funcionar de maneira eficaz, bem como cumprir suas funções sociais e educacionais. Os gestores das unidades escolares puderam refletir temáticas de relevância para o retorno das aulas presenciais do pré II ao 9º ano e as aulas remotas da creche e pré I, previstas para a próxima segunda-feira (02).  

As principais temáticas discutidas foram à importância do acolhimento dos professores, crianças, adolescentes e famílias; a escuta ativa na intencionalidade pedagógica e as modalidades organizativas do tempo e espaço de aula, tendo em vista que as aulas ocorreram de forma híbrida.

Para o ensino fundamental também foram abordados assuntos voltados ao diagnóstico e avaliação de saberes dos alunos, no contexto de ensino remoto, focando nas principais necessidades dentro das habilidades do currículo e dos mapas de aprendizagens.

Para a professora de História, da Escola Municipal Bernadino de Souza Pereira, Elaine Cristina Martins, os encontros proporcionaram acolhimento e preparação para as novas vivências, da rotina presencial. “Precisamos nos adequar às novas realidades do dia a dia. Estamos um ano e meio numa rotina remota, e temos que nos preparar para a nova rotina presencial. É preciso haver um olhar sensível para acompanhar de perto a peculiaridade de cada aluno, sentir suas necessidades e auxiliar da melhor maneira. Esses dias serviram também como acolhimento para nós professores, são tempos difíceis para todos”, afirmou.

Segundo a secretária de Educação, Cultura e Esportes, Márcia Galdino Alves, a Semana de Replanejamento Escolar se mostrou muito proveitosa, a partir das experiências dos profissionais da educação durante o ensino remoto. “O planejamento participativo é um recurso essencial na busca do aperfeiçoamento dos afazeres, e auxilia, sobremaneira, na realização do trabalho coletivo, ressaltando a importância dos protocolos pedagógicos quanto ao acolhimento socioemocional e escuta psicopedagógica, dentre outros aspectos importantes no retorno presencial”, explicou.

“As crianças estão ansiosas para esse retorno. A mochila da minha filha já está arrumada há uma semana. Vejo que todos estão empenhados em oferecer o melhor para os nossos filhos. As crianças precisavam dessa retomada escolar presencial, além do estudo, elas precisam voltar a socializar com os amigos”, enfatizou Juliana Aparecida Marques Silva, mãe da Luiza Marques Silva, do Pré I B, da Escola Municipal Pedrina Pompeu Bastos, no Jardim Coronel.