Serviços
acessibilidade



Publicado em: 25/08/2021 - Última modificação: 03/09/2021 - 16:35
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Reciclagem vai muito além dos benefícios ao meio ambiente

Faça a sua parte - O destino adequado dos materiais recicláveis é fundamental para reduzir os danos ao meio ambiente. Sem sair de casa, é possível desenvolver ações que salvam o planeta e contribuem com a renda de muitas famílias.



Compartilhar:

A reciclagem é fundamental para diminuir o impacto da ação do ser humano no meio ambiente e reduzir quantidades de lixo nos aterros sanitários. No entanto, esses não são os únicos benefícios: os descartes conscientes dos diversos materiais consumidos diariamente transformam a vida de muitas pessoas, principalmente dos trabalhadores das cooperativas que tem como principal fonte de renda, a reciclagem, e desempenham um importante papel no ciclo de sustentabilidade do planeta.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook, no Twitter, no Youtube e no Flickr

Em Itanhaém, um dos responsáveis por esse trabalho é a Coopersol Reciclando (Cooperativa de Resíduos Sólidos e Líquidos), que atua desde 2009, com ex-catadores encarregados por coletar, separar, prensar e vender o material. A Cooperativa trabalha recolhendo materiais recicláveis pela Cidade nos pontos de coleta e em residências cadastradas. Há um cronograma semanal, onde o caminhão da coleta seletiva passa pelos locais e leva o conteúdo coletado para o Centro de Triagem de Resíduos.

Na Cooperativa, atualmente há 16 pessoas que trabalham diariamente com a função de coletar, separar, prensar e vender o material. No final, o valor da venda mensal é dividido entre os cooperados. Segundo a presidente da Cooperativa, Roberta Carrilho, que está há nove anos no local, nos meses com maior arrecadação de material, cada membro recebe em média R$ 1.000. “De todo material que recolhemos tudo tem um destino, e para nós, tudo gera renda”, comenta Roberta.

No início, a Coopersol se localizava no bairro Bopiranga, hoje está instalada no Centro de Triagem de Resíduos, localizada na Rua João Andrade Junior, 400, Jardim Oásis, onde as despesas de água, luz, e aluguel dos caminhões da coleta seletiva, são custeadas pelo município.

Segundo uma das fundadoras da Cooperativa, Elza Simplício da Cruz que está lá há 12 anos, as pessoas precisam ter mais consciência, e entender a importância dessa separação de materiais. “As pessoas conscientes, além de contribuir com o meio ambiente tirando o lixo das ruas, ainda ajudam muitas famílias no seu ganha pão”, explicou.

“Através do meu trabalho na reciclagem, criei meus quatro filhos e construí minha casa dignamente. Já trabalhei no antigo lixão, e em outros locais, mas aqui é o lugar mais gostoso e tranquilo. Todos se ajudam não troco aqui por nada, é onde me sinto mais feliz”, contou Maria Aparecida Pietrobon.

Para contribuir com a Coleta Seletiva, a população da Cidade pode:

• Levar os materiais recicláveis diretamente no Centro de Triagem de Resíduos, localizado na Rua João Andrade Júnior, 400, Jardim Oásis, de segunda a sexta, das 7h30 às 16 horas;

• Levar os materiais recicláveis no Ecoponto mais próximo de sua residência (veja neste link);

• Solicitar a coleta porta a porta através do telefone (13) 3427-6470.

A cooperativa recebe papel, garrafas pet, vidro, peças eletrônicas, plásticos, latas e alumínio em geral. Os materiais devem estar limpos (sem restos de comida) e secos.