Serviços
acessibilidade



Publicado em: 08/04/2022 - Última modificação: 14/04/2022 - 16:46
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Itanhaém participa de projeto que prevê pagamento a pescadores por resíduos recolhidos do mar

MEIO AMBIENTE - Os pescadores interessados poderão realizar o cadastro, junto às APAs Marinhas, até o próximo dia 05. O valor repassado dependerá do volume de lixo recolhido mensalmente pelos trabalhadores



Compartilhar:

Em uma iniciativa inovadora, Itanhaém é uma das cidades participantes do projeto Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) Mar Sem Lixo, que foi lançado nesta semana pela Fundação Florestal – ligada à SIMA. A ação contemplará pescadores artesanais de arrasto de camarão que coletam lixo do mar enquanto realizam a atividade pesqueira. Os pescadores interessados poderão realizar o cadastro, junto às APAs Marinhas, até o próximo dia 05, neste link.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook, no Twitter, no Youtube e no Flickr

Na oportunidade estão previstos pagamentos via cartão-alimentação, de até R$ 600. Nesta 1ª fase participam pescadores que atuam nos municípios de Itanhaém, Cananeia e Ubatuba, nas APAs Marinhas Litoral Sul, Litoral Centro e Litoral Norte. O valor repassado dependerá do volume de lixo recolhido mensalmente pelos trabalhadores. No futuro, a ideia é expandir o projeto para mais municípios do litoral paulista.

Para o recolhimento do lixo serão disponibilizados Pontos de Recebimento de Resíduos Retirados do Mar (PRRMs). Com o PSA Mar Sem Lixo, será possível criar um mecanismo de incentivo à remoção de resíduos sólidos do ambiente marinho, uma vez que o lixo no mar é um problema antigo. Dentre os materiais frequentemente encontrados estão o plástico (sacolas de mercado, embalagens de produtos diversos), latas de bebidas, vidro, pneu, tecido dentre outros.

“Esta é uma ação importante que integra o nosso planejamento de educação ambiental e de proteção da fauna marinha, além de proporcionar um benefício social aos pescadores de Itanhaém”, afirmou o secretário de Planejamento e Meio Ambiente, César Augusto de Souza Ferreira.

O Projeto PSA Mar Sem Lixo é uma iniciativa da Fundação Florestal em parceria com a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, por meio da Coordenadoria de Planejamento Ambiental (CPLA) e Coordenadoria de Saneamento e com os municípios de Cananéia, Itanhaém e Ubatuba.

São parceiros o Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo, o Instituto de Pesquisas Ambientais (IPA) e a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), Coordenadoria de Educação Ambiental (CEA) vinculados à Sima, Colônias e Associações de pescadores e cooperativas de catadores.

Para saber mais, visite a página do PSA Mar Sem Lixo em: https://www.infraestruturameioambiente.sp.gov.br/fundacaoflorestal/psa-mar-sem-lixo/