Serviços
acessibilidade



Publicado em: 13/04/2022 - Última modificação: 14/04/2022 - 17:30
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Centro Educacional Multidisciplinar do Transtorno do Espectro Autista será inaugurado no dia 23

REFERÊNCIA - Idealizado para atender crianças de 1 ano e seis meses até 5 anos e 11 meses de idade, regularmente matriculadas da Rede Municipal de Ensino, o local oferecerá um atendimento multiprofissional, com equipe técnica qualificada



Compartilhar:

Com o objetivo de oferecer às crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA) ações complementares a escola, e assim melhorar o seu desenvolvimento e socialização, a Prefeitura de Itanhaém, por meio da Secretaria de Educação,Cultura e Esportes irá inaugurar no próximo dia 23, o Centro Educacional Multidisciplinar do Transtorno do Espectro Autista (TEA) – Izabela Luz Leite Pestana, na Praia do Sonho. A inauguração faz parte das comemorações dos 490 anos de Itanhaém.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook, no Twitter, no Youtube e no Flickr

O espaço foi idealizado para atender crianças de 1 ano e seis meses até 5 anos e 11 meses de idade, regularmente matriculadas da Rede Municipal de Ensino. O local oferecerá semanalmente, atendimento multiprofissional, com equipe técnica qualificada composta por psicopedagogo, psicólogo, terapeuta ocupacional, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, além de um educador físico e instrutor musical para estimular o desenvolvimento de acordo com as necessidades individuais e pertinentes de cada caso.

“Este espaço foi formatado com todo cuidado e carinho pensando no bem-estar e na qualidade de vida das nossas crianças com autismo. Estamos trabalhando para aprimorar cada dia mais o atendimento às pessoas que mais precisam em todas as faixas etárias”, enfatizou o prefeito Tiago Cervantes.

O fluxo para o atendimento serão as crianças avaliadas pelo programa Cuidar, que serão direcionadas para o Centro. O atendimento médico ficará a cargo dos equipamentos municipais de saúde.

De acordo com a secretária de Educação, Cultura e Esportes, Márcia Galdino, quanto antes a criança com TEA começar a ser estimulada, melhores são os resultados e diminuição das perdas no desenvolvimento. “A estimulação precoce em crianças com transtorno do espectro autista, por meio de uma equipe multidisciplinar, minimizam os fatores que podem impedir o pleno desenvolvimento”, afirmou a secretária de Educação, Cultura e Esportes, Márcia Galdino.

Para Daila Fernandes, psicóloga e assessora de orientação educacional da Secretaria de Educação, outro ponto de importante relevância é o acolhimento às famílias. “As famílias serão acolhidas pelos profissionais por meio de orientações quanto ao manejo comportamental das crianças que utilizam o serviço. Um trabalho que beneficiará não somente as crianças, mas as famílias como um todo”, explicou.

AUTISMO – O TEA (Transtorno do Espectro Autista) é caracterizado por dificuldades na socialização, na comunicação e no comportamento e é mais comum em meninos. A condição afeta cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo, sendo 2 milhões somente no Brasil.

O transtorno se manifesta de formas diferentes em cada pessoa, variando de mais leve a mais grave, sendo possível trabalhar medidas que proporcionam um grande avanço na inclusão social e na melhoria da qualidade de vida. As causas do autismo são desconhecidas e não existe cura, mas, quando diagnosticado precocemente, há mais chances de melhora do quadro e desenvolvimento da criança.