Boletim Informativo – COVID-19

Última atualização – 07/04/2020 – 12 horas

Notícias

Estado prorroga quarentena por mais 15 dias

Prefeitos mantêm medidas de isolamento e ampliam ações de enfrentamento da Covid-19

Saúde estrutura central de atendimento para tirar dúvidas sobre o coronavírus

Prefeitura monta tenda para quem apresentar sintomas compatíveis com o coronavírus

A prevenção ao coronavírus começa por você: saiba como inibir a transmissão

Banco de Alimentos adota esquema drive-thru para receber doações às famílias vulneráveis

A prevenção ao coronavírus começa por você: saiba como inibir a transmissão

Em época de pandemia, proteja sua saúde mental; OMS divulga orientações

Prefeitura anuncia medidas preventivas contra a disseminação do coronavírus

Contra fake news, a informação: coronavírus é o alvo da vez, não compartilhe conteúdos falsos

Deliberações Metropolitanas

31 de março de 2020

26 de março de 2020

21 de março de 2020

19 de março de 2020

16 de março de 2020

06 de abril de 2020

Decretos Municipais – Covid-19

Decreto nº 3.899, de 16 de março de 2020 
Dispõe sobre a adoção de medidas temporárias e emergenciais de prevenção de contágio pelo Covid-19 (Novo Coronavírus), no âmbito da Administração Direta e Indireta do Município de Itanhaém, e dá outras providências.

Decreto nº 3.900, de 19 de março de 2020
Declara situação de emergência no Município de Itanhaém e dispõe sobre a adoção de medidas adicionais para enfrentamento da pandemia decorrente do coronovírus, de importância internacional.

Decreto nº 3.901, de 21 de março de 2020
Decreta estado de calamidade pública no Município de Itanhaém e define outras medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronovírus (Covid-19).

Decreto nº 3.905, de 27 de março de 2020
Altera o Decreto nº 3.901, de 21 de março de 2020, que decreta estado de calamidade pública no Município de Itanhaém e define outras medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus (Covid-19), e dá outras providências.

Decreto nº 3907, de 03 de abril de 2020
Altera o Decreto nº 3.899, de 16 de março de 2020, que dispõe sobre a adoção de medidas temporárias e emergenciais de prevenção de contágio pelo Covid-19 (Novo Coronavírus), no âmbito da Administração Direta e Indireta do Município de Itanhaém, e dá outras providências.

Decretos Estaduais

Decretos do Governo de SP com medidas de prevenção e combate ao novo coronavírus

 

Oficialmente denominada de COVID-19 (sigla em inglês para “coronavirus disease 2019”), a doença causada pelo novo coronavírus ocasiona uma infecção respiratória. O quadro clínico do paciente se assemelha a um típico resfriado, porém alguns casos podem ser mais graves, como em pessoas que já possuem outras doenças.

 

Até o momento não há muitas informações fundamentadas sobre as características da doença. Porém, os sintomas mais conhecidos são:
• Febre;
• Tosse;
• Dificuldade para respirar.
De acordo com o Ministério da Saúde, alguns coronavírus podem causar doenças graves, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS).

 

Investigações sobre formas de transmissão do coronavírus ainda estão em andamento, mas a disseminação de pessoa para pessoa está ocorrendo. Porém, não é claro com que facilidade o coronavírus se espalha.
Apesar disso, a transmissão do vírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como:
• Gotículas de saliva;
• Espirro;
• Tosse;
• Catarro;
• Contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;
• Contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

 

Algumas medidas devem ser tomadas para evitar a disseminação do vírus.
• Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel com frequência;
• Cubra a boca e o nariz com um lenço ao tossir ou espirrar;
• Mantenha pelo menos dois metros de distância daqueles que estejam tossindo ou espirrando;
• Desinfete objetos e superfícies tocados com frequência;
• Evite tocar boca, nariz e olhos com as mãos não lavadas;
• Evite ambientes fechados ou com multidões;
• Não compartilhe objetos de uso pessoal.

 

Inicialmente, como em todo o país, a principal recomendação é que os munícipes só saiam de casa em situações necessárias, principalmente pessoas que apresentem quadros de gripe. Porém, caso a situação evolua para falta de ar excessiva, é necessário procurar algum serviço de saúde: primeiramente alguma Unidade de Saúde da Família (USF) e, em necessidade de alguma intervenção mais aguda, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

É importante ressaltar que todas as Unidades de Saúde da Família estão funcionando normalmente, bem como a UPA, de maneira com que exista serviço público de saúde por 24 horas. De segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, as USFs estão a todo vapor, já a UPA está de prontidão para atender a população durante 24 horas.