Serviços



Saúde Bucal: Aparelhos falsos e os riscos à saúde


A Saúde Bucal de uma pessoa pode ser determinante para a qualidade de vida, tendo em vista que maus cuidados nesta área podem trazer sérios problemas ao indivíduo.

O cirurgião dentista e, Coordenador de Saúde Bucal de Itanhaém, Maurício Rangel Torres (CRO– SP 32691), alerta para os perigos de uma prática que virou moda entre os jovens de todo país: Aparelhos ortodônticos falsos.

VISUAL PERIGOSO

Os aparelhos falsos passaram a ser utilizados pelos jovens, que os chamam “diferenciados”, na busca pelo “visual da moda”, em diversas cores, o que é perigoso e de fácil acesso, já que são comercializados em redes sociais e camelôs, podendo trazer diversos danos à saúde.

COMO FUNCIONAM OS APARELHOS ORIGINAIS?

Com uso de determinada força, o aparelho corrige a posição dos dentes tortos e de ossos maxilares posicionados até então de forma inadequada.

QUAIS OS RISCOS DO APARELHO FALSO?

– Usando a força sem parâmetros de direção, intensidade e quantidade, o dente se movimenta aleatoriamente no osso;

– A raiz pode amolecer, o dente pode cair e os ferrinhos falsos causar ferimentos nas gengivas;

– O uso de colas tóxicas para a fixação do aparelho pode causar lesões na mucosa da boca;

– Sem orientação correta, o jovem pode negligenciar a higienização, o que leva à periodontite.

 

DICAS

– A colocação de aparelhos ortodônticos somente deve ser feita por profissional especializado;

– Se o seu filho aparecer com um aparelho falso ou demonstrar interesse em colocá-lo, não permita, e explique a ele os riscos à saúde.