Generic selectors
Resultados exatos
Buscar por títulos
Buscar por conteúdo
Buscar
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
Administração
Assistência e Desenvolvimento Social
Comunicação Social
Desenvolvimento Econômico
Educação, Cultura e Esportes
Fazenda
Fundo Social
Gestão e Controle
Governo Municipal
Habitação
Leia Mais
Mais Notícias
Negócios Jurídicos
Obras e Desenvolvimento Urbano
Planejamento e Meio Ambiente
Procuradoria Geral
Relações do Trabalho
Relações Institucionais
Saúde
Sem categoria
Serviços e Urbanização
Trânsito e Segurança Municipal
Turismo

Convento Nossa Senhora da Conceição


Convento Nossa Senhora da Conceição

O Convento Nossa Senhora da Conceição é um registro vivo da história da Cidade e do Brasil. De uma pequena ermida de barro até a igreja erguida em homenagem à padroeira de Itanhaém, o convento é templo de fé e devoção há mais de 400 anos. É tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e representa um dos bens mais memoráveis do litoral paulista.

Convento 3

No alto do Morro do Itaguaçu, local que hoje abriga o Convento Nossa Senhora da Conceição, foi erguida uma das primeiras edificações da história do Brasil. Provavelmente no mesmo ano de fundação de ‘Conceição de Itanhaém’, em 1532, o povoado deu início à construção de uma pequena capela dedicada à padroeira da nova vila.

Convento 4

Foi também o primeiro templo dedicado a Nossa Senhora da Conceição erguido no País. Na época, o local se tornou um dos principais pontos de peregrinação do Brasil, recebendo romeiros de todas as vilas do litoral paulista, da capital, do interior e de outros estados. Somente em 1553 foi encomendada a imagem da padroeira, conhecida como a Imaculada Conceição ou “Virgem de Anchieta”. José de Anchieta esteve pelo litoral paulista entre 1563 e 1595. De acordo com historiadores, o padre, canonizado santo em 2014, escreveu o poema ‘Virgem de Anchieta’, ao passar pela segunda Cidade mais antiga do Brasil.

Convento 5

O convento que conhecemos nos dias atuais teve sua conclusão em 1713, portanto, sua estrutura atual tem mais de 300 anos. A Igreja começou a ser erguida entre 1699 e 1713. Apesar disso, a data considerada de fundação oficial do convento é 2 de janeiro de 1654, quando o título de posse do local foi dado à Ordem Franciscana. Entre 1733 e 1734, o local foi ampliado por frei Rodrigo dos Anjos, com a construção do Convento Nossa Senhora da Conceição.

Ainda segundo relatos de Frei Basílio Röwer, nesta época, o convento era muito estimado pelos antigos frades, não somente por ser de Nossa Senhora, como a calma e a solidão tornavam o local apropriado para ser casa de noviciado. O Convento Nossa Senhora da Conceição se tornou assim também um retiro para religiosos que quisessem levar uma vida de oração e penitência.

Convento 6

Em março de 1833, um grande incêndio destruiu grande parte do convento. O Guardião local, Frei Manuel de Santa Perpétua, que além de sacerdote era uma espécie de professor particular para menores e adultos (não havia escola pública na época), costumava com seus alunos adultos afugentar os morcegos e suindaras que infestavam o local.

Em 1916, a igreja e as ruínas do Convento Nossa Senhora da Conceição passaram para a propriedade da Diocese de Santos, que a mantém até os dias atuais. Em 1921, Washington Luís, então presidente do Estado de São Paulo, realizou uma restauração parcial, renovando o madeiramento do telhado e o assoalho.

Convento Nossa Senhora da Conceição

Local: Centro Histórico
Funcionamento: Todos os dias (exceto quarta)
Horário: das 10 às 18 horas
Taxa: R$ 5,00
Informações: (13) 9.9740-9701

Bibliografia: 

RÖWER, Frei Basílio. Páginas de história franciscana no Brasil. Petrópolis: Editora Vozes, 1941.
CALDAS, André. Itanhaém histórica: um resumo da trajetória da segunda cidade do Brasil. São Paulo: Editora Daikoku, 2011.