Publicado em: 04/04/2019 - Última modificação: 04/04/2019 - 12:35
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Capacitação da Coalizão reúne adolescentes, pais e educadores

ORIENTAÇÃO - Os participantes discutiram a importância de como falar com os jovens sobre os danos causados pelo uso de drogas



Os participantes foram orientados sobre como abordar o assunto com os jovens e a maneira correta de atraí-los, utilizando o método trabalhado pela Coalizão em todo o país e no mundo

Compartilhar:

No último dia 29, o Centro Municipal Tecnológico de Educação, Cultura e Esportes (CMTECE) foi sede da capacitação de novos líderes jovens do programa americano Coalizão. A atividade reuniu integrantes de diversos setores do Município, como educação (professores, alunos), social, saúde, esporte e OAB Itanhaém. Os participantes discutiram a importância de como falar com os jovens sobre os danos causados pelo uso de drogas, os índices de usuários na adolescência e como é realizado o programa em diferentes partes do mundo.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, Facebook e no Twitter

Os participantes foram orientados sobre como abordar o assunto com os jovens e a maneira correta de atraí-los, utilizando o método trabalhado pela Coalizão em todo o país e no mundo. Na ocasião, os representantes apresentaram um vídeo sobre conscientização do resultado das drogas lícitas e ilícitas na vida de um adolescente. A história, que é baseada em fatos reais, conta a vida de amigos que ainda jovens descobrem o universo das drogas e passam a consumi-las mesmo sendo avisados do quão prejudicial é.

Leia mais
Programa de combate às drogas realiza curso para novos membros

Programa Coalizão comemora um ano em Itanhaém neste sábado

Para a ministradora da capacitação e presidente da Associação Pró-Coalizões Comunitárias Antidrogas do Brasil, Eliane Prado Marcondes, é preciso falar a linguagem do jovem e apresentar para eles um caso local das consequências do uso das drogas, pois é uma maneira mais eficaz de sensibilizá-los em relação ao assunto.

“Se verificarmos os últimos dados que evidenciam que a metade dos adolescentes no Brasil já fez o uso de drogas em algum momento de sua vida, isto é alarmante. O mais preocupante ainda é que o maior número é de meninas. Sabemos também que o Brasil vem decrescendo de alguma forma com reação ao uso de álcool per capita, porém, nós ainda estamos acima da média mundial com relação à quantidade de doses ingeridas por quem bebe. Então, o álcool é um problema, é uma droga legal, de acordo com os dados apontados pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Penso que a Coalizão é a única estratégia que vem para organizar discussões, as intervenções e as ações de prevenção na comunidade, por meio da colaboração de todos os setores”, explica Eliane.

Para que tudo seja realizado com eficácia, o trabalho precisa ser promovido em conjunto com os comerciantes, governo, pais, meios de comunicação, representantes de organizações e líderes religiosos. Ela ressalta ainda que: “penso que a Coalizão é o melhor caminho para enfrentar uma questão grave na nossa nação, principalmente por tratar-se de uma ação preventiva”, conclui.

COALIZÃO

Com a intenção de prevenir a introdução de adolescentes e jovens ao universo das drogas lícitas e ilícitas, o programa estadunidense Community Anti-Drug Coalitions of America (CADCA) no Brasil, chamado de Coalizão, atua nos municípios sempre falando a linguagem do jovem para que seja compreendida pelo público-alvo a importância de uma vida livre de drogas. Acesse www.cadca.org/ e tenha mais informações sobre a CADCA.


Palavras-chave: , ,