Serviços
acessibilidade



Publicado em: 05/04/2019 - Última modificação: 16/11/2020 - 11:51
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Denúncias de queda iminente de árvores devem ser realizadas na Defesa Civil

REUNIÃO - Os dois setores trabalharão em conjunto nas análises das situações e nas ações para eliminar as árvores



Compartilhar:

Uma reunião entre as equipes da Secretaria Municipal de Planejamento e Meio Ambiente e da Defesa Civil definiu que denúncias em relação a árvores com o perigo de cair devem ser realizadas especificamente na Defesa Civil e não na Prefeitura. Os dois setores trabalharão em conjunto nas análises das situações e nas ações para eliminar as árvores, no entanto a Prefeitura não registrará mais denúncias.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

Todo o processo em relação à queda de árvores será responsabilidade da Defesa Civil, incluindo denúncias, análises e vistorias. As análises consistem na observação do estado da árvore, verificando se existem lesões ao tronco, cupins e se a coloração das folhas está adequada. Além disso, as raízes podem mostrar indícios de queda também, se forem cortadas durante um processo de pavimentação podem causar instabilidade. Os processos de poda e supressão (corte intencional) ainda cabem à Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente.

Leia mais
Meio Ambiente: cartilhas orientam sobre o plantio de árvores em calçadas
Em alerta: Defesa Civil está preparada para atender a população a qualquer horário

“O objetivo da reunião foi alinhar o procedimento de análise de árvores com risco de queda. A equipe da Defesa Civil recebeu informações técnicas do Departamento de Meio Ambiente de como saber se uma árvore está ou não com risco aparente de queda. Com a mudança, as análises serão mais rápidas e garantirá maior segurança ao solicitante”, afirmou o diretor do Departamento de Meio Ambiente, William Carrillo.

Para efetuar denúncias e requisitar vistorias, o munícipe deve entrar em contato com a Defesa Civil por intermédio do telefone (13) 3427-8352 ou no 199. Também é possível  comparecer à sede, localizada na Avenida Harry Forssell, 1.505, no Jardim Sabaúna.


Palavras-chave: , , , ,