Serviços
acessibilidade



Publicado em: 25/04/2019 - Última modificação: 16/11/2020 - 11:51
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Moradores do Santa Júlia ganham Unidade de Saúde da Família

NOVO - Nesta terça-feira (23), os serviços já iniciaram no prédio, entre eles, coleta de exames, consulta médica, enfermagem, odontologia e farmácia



Município investe cerca de 30% do orçamento anualmente para dar o melhor atendimento possível à população

Compartilhar:

No dia do aniversário de 487 anos da fundação de Itanhaém, celebrado na última segunda-feira (22), foi entregue à população uma nova Unidade de Saúde da Família (USF) na Cidade, desta vez instalada no bairro Santa Júlia. A existência de mais um prédio visa viabilizar o atendimento para quem mora em áreas mais distantes, descentralizando a Rede Municipal de Saúde.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

A nova USF Fred Jorge Capellari está localizada na Avenida Alemanha, sem número. Nesta terça-feira (23), os serviços já iniciaram no prédio, entre eles, coleta de exames, consulta médica, enfermagem, odontologia, farmácia, psicologia, grupo de hipertensão e diabetes, curativos, inalação, medicação, retirada de pontos, troca de sonda, vacinação e visita domiciliar.

Leia mais
Campanha de vacinação contra influenza inicia quarta; doença pode evoluir para óbito
Propostas para melhorar o SUS foram definidas na Conferência da Saúde no último sábado

A Unidade – assim como as outras já existentes – funcionará de acordo com a estratégia de saúde da família, proposta pelo Ministério da Saúde. Isto significa que a nova USF poderá acomodar mais de uma equipe de Saúde da Família (ESF), de acordo com o número de habitantes que serão atendidos neste bairro – pouco mais de 5 mil. As equipes são compostas por médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e agentes comunitários de saúde.

 NÚMEROS

O Município investe cerca de 30% do orçamento anualmente para dar o melhor atendimento possível à população. Unidades como esta, que se localizam dentro dos bairros, descentralizam o atendimento da Rede Municipal de Saúde no Centro da Cidade, e consequentemente, facilitam o acesso e garantem o direito à Saúde que o munícipe possui.

 

 

 


Palavras-chave: , , ,