Publicado em: 10/09/2019 - Última modificação: 24/09/2019 - 08:06
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Unindo o útil ao agradável; troncos ajudam a conter avanço da erosão

MEIO AMBIENTE - Preservação do Jundu e colocação de troncos nas praias agem contra intempéries



A Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente elaborou Plano Municipal de Erosão

Compartilhar:

A combinação de chuvas com fortes ressacas pode culminar em danos ambientais, situação que motivou a Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente a elaborar Plano Municipal de Erosão, que consiste na preservação do Jundu, uma planta cujas raízes seguram a areia da praia em seu lugar, e no posicionamento estratégico de troncos trazidos pelo Rio Itanhaém, que impedem pequenos desmoronamentos.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

O Plano, que existe desde 2017, tem como intuito estudar as dinâmicas ambientais do território do Município, para criar projetos que colaborem com a preservação do ecossistema local, com enfoque na fragilidade do solo e na erosão hídrica.

Leia Mais
Jundu: vegetação de aspecto frágil, mas de uma força imensa
Itanhaém é qualificada para a certificação do Município VerdeAzul

É natural que detritos que caem no rio desemboquem no mar, chegando às praias. Preparada, a Prefeitura de Itanhaém utiliza os troncos para evitar que as áreas mais altas sejam afetadas. Outra ação do Plano Municipal de Erosão é a conservação do Jundu, uma planta típica de restinga (área de depósitos arenosos próximos à costa) que contém o avanço das marés e protege contra a erosão causada pelas fortes ressacas.


Palavras-chave: , , , ,