Publicado em: 19/03/2020 - Última modificação: 27/03/2020 - 16:33
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Em época de pandemia, proteja sua saúde mental; OMS divulga orientações

CUIDADOS - Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou um documento com orientações para evitar o estresse e ansiedade que o novo vírus pode trazer à população



É importante lembrar que especialistas do mundo inteiro estão agindo constantemente para garantir a segurança da população nesta pandemia

Compartilhar:

Quando um assunto não é de total conhecimento da população, um pânico generalizado pode abalar a rotina das pessoas. E atualmente, a pandemia do coronavírus pode trazer este cenário à tona. Por isso, a Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou um documento com orientações para evitar o estresse e ansiedade que o novo vírus pode trazer. Conheça os cuidados necessários para preservar sua saúde mental.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

Indiretamente, as orientações expressas no documento podem colaborar na prevenção do coronavírus, pois o risco da população ter atitudes baseadas em fake news diminui se as pessoas estiverem com a cabeça mais tranquila.

 Leia mais
Sintomas de coronavírus? Saiba onde encontrar atendimento especializado
Prefeitura anuncia medidas preventivas contra a disseminação do coronavírus

Entre as recomendações, destaca-se que o constante noticiário sobre a doença pode deixar as pessoas ansiosas. Apesar de o conhecimento ser importante neste momento, o bombardeio de notícias gera preocupação e estresse. Desta forma, o recomendado é se informar de uma a duas vezes por dia, focando nas informações que irão contribuir para suas atitudes de prevenção.

Com a suspensão das aulas, cancelamento de eventos públicos e home office (trabalho em casa), a população deve conservar suas atividades diárias comuns e se distrair, comunicando-se com familiares e amigos por meio de internet ou telefone. Além disso, em períodos de estresse, o recomendado é se exercitar (mesmo que em casa), comer alimentos saudáveis e colocar o sono em dia.

É importante sempre lembrar que especialistas do mundo inteiro estão agindo constantemente para garantir a segurança da população nesta pandemia. Então, cabe à população somente respeitar as recomendações de autoridades.

CRIANÇAS

Também é importante orientar as crianças e ensiná-las a lidar com as emoções, pois ao perceber que a família está estressada e ansiosa, as crianças podem reproduzir esta conduta. É necessário dar uma explicação sobre o coronavírus de acordo com a faixa etária do jovem, bem como tentar manter sua rotina de forma tranquila.

IDOSOS

Principal população do grupo de risco em relação ao coronavírus, a terceira idade precisa de recomendações claras e objetivas sobre a prevenção ao COVID-19. Desta forma, é necessário ter muita paciência, calma e respeito com os idosos e repetir as orientações quantas vezes for necessário. Vale ressaltar que a população está isolada em casa, de forma com que pode ficar ansiosa, irritada, agitada e estressada mais facilmente. Por isso, todo apoio emocional é bem-vindo.

PESSOAS DE ETNIAS OU NACIONALIDADES DIFERENTES

Ainda segundo a OMS, a população não deve agir de forma preconceituosa com qualquer indivíduo de etnia ou nacionalidade diferente, esteja a pessoa infectada ou não. Da mesma maneira, não se deve “rotular” os indivíduos atingidos. De acordo com a organização, se referir a um paciente como “caso de coronavírus” é uma forma de desumanizá-lo em meio a uma situação difícil. Substitua o termo por pessoa “que têm COVID-19”, “em tratamento contra a COVID-19” ou “se recuperando da COVID-19”.


Palavras-chave: , , , ,