Serviços
acessibilidade



Publicado em: 09/06/2020 - Última modificação: 16/11/2020 - 10:30
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Itanhaém oferece novo medicamento para prevenir contaminação pelo HIV

SAÚDE - O usuário passará por uma triagem com um profissional do CINI na qual será feita a avaliação e observados os critérios de elegibilidade para iniciar o tratamento



A Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) promete impedir que o vírus causador da Aids infecte o organismo antes mesmo da pessoa ter contato com a doença

Compartilhar:

Uma nova estratégia que utiliza medicamentos antirretrovirais para reduzir a probabilidade de infecção pelo HIV está disponível em Itanhaém. Desenvolvida pelo Ministério da Saúde, a Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) poderá ser utilizada agora por quem nunca entrou em contato com o vírus, mas que pode estar exposto a ele durante a relação sexual (é o caso, por exemplo, de profissionais do sexo). O serviço será ofertado à população no Centro de Infectologia (CINI), localizado na Rua Maranata, 229, no Sabaúna. O atendimento ocorre de segunda a sexta, das 8 às 11 horas e das 13 às 16 horas (exceto às quartas pela manhã), telefone para contato: (13) 3426-3350.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook, no Twitter, no Youtube e no Flickr

A PrEP é a combinação de dois medicamentos (tenofovir + entricitabina) em um único comprimido que bloqueia alguns ‘caminhos’ que o HIV usa para infectar o corpo humano. Ela deve ser ingerida diariamente, caso contrário, pode não haver concentração suficiente do remédio na corrente sanguínea para impedir que o vírus se instale. Se utilizada de forma correta, tem eficácia acima de 95%.

Leia mais
Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada até dia 30
Com baixo estoque, Cescrim pede reforço na doação de leite materno

É indicada para o público considerado com maior vulnerabilidade ao HIV, como: gays, pessoas trans, indivíduos que têm relações sexuais sem camisinha com alguém que seja HIV positivo e que não esteja em tratamento, profissionais do sexo e casais sorodiferentes (quando um está infectado com a doença e o outro não).

O usuário interessado passará por uma triagem com um profissional do CINI na qual será feita uma avaliação. Observados os critérios de elegibilidade para iniciar a profilaxia, será feita a prescrição do medicamento.

AUTOTESTE DE HIV

Neste momento de necessidade de diminuição de mobilidade e distanciamento social em decorrência da epidemia da Covid-19, o Programa DST/Aids de Itanhaém está disponibilizando junto ao CINI o autoteste para população com maior vulnerabilidade ao HIV e outras ISTs, bem como a distribuição em comunidades terapêuticas. Todo usuário será orientado sobre o funcionamento do teste e o que fazer diante de um resultado positivo.


Palavras-chave: , , , , , , ,