Publicado em: 03/06/2020 - Última modificação: 04/06/2020 - 09:59
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Tolerância zero: Itanhaém segue firme no combate às invasões

FISCALIZAÇÃO - As equipes realizam a desocupação de áreas públicas em diferentes bairros



Durante as ações, diversos moradores são notificados e recebem prazo de cinco dias para que comecem a desmontar suas habitações

Compartilhar:

A Comissão de Combate à Invasão em Áreas Verdes e Construções Irregulares da Prefeitura segue trabalhando ininterruptamente em ações de combate às ocupações por toda a Cidade. Em diversas intervenções de tolerância zero, as equipes, compostas pelas secretarias de Trânsito e Segurança Municipal, Planejamento e Meio Ambiente, Obras e Desenvolvimento Urbano e Serviços e Urbanização realizam a desocupação de áreas públicas em diferentes bairros.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

Seguindo o cronograma apresentado pelo comitê, as atividades, que têm a participação das polícias Civil e Militar, trazem importantes resultados aos casos de invasões no Município. “Devido às denúncias feitas por moradores e o trabalho desenvolvido pelos agentes de fiscalização, nós atuamos de forma ativa e ostensiva para derrubar e coibir as construções em locais proibidos,” pontua o secretário de Planejamento e Meio Ambiente Ruy Manoel Alves dos Santos.

Leia mais
Prefeitura realiza força-tarefa para demolir construção irregular no Coronel
Força-tarefa da Prefeitura derruba construção irregular na Nova Itanhaém

Durante as ações, diversos moradores são notificados e recebem prazo de cinco dias para que comecem a desmontar suas habitações e nada mais poderá ser construído no local. Se no fim deste período as construções continuarem, acontecerão as demolições sumárias, ou seja, as equipes poderão derrubar toda e qualquer moradia sem aviso prévio.

As operações, além de prevenir impactos ambientais, também podem desmascarar pontos de crimes organizados, como covis de traficantes e pontos de drogas, impedindo que essas atividades ilegais ocorram na Cidade, levando criminosos à justiça. Um levantamento realizado pela Administração mostrou que, na maioria das vezes, as pessoas que se instalam em diferentes bairros da Cidade migram de outras localidades.

DENUNCIE

É importante que casos de construções irregulares sejam denunciados. A população pode ligar para o telefone da Polícia Ambiental (13) 3422-3765 ou no setor de Fiscalização de Obras 3421-1600, ramal 1296, e no número de emergência 153 (Guarda Civil Municipal).


Palavras-chave: , , , , , ,